Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,83
    -0,72 (-0,84%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    35.302,64
    -2.584,42 (-6,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

Motorola Razr 3 pode vir com Snapdragon 8 Gen 1 e tecnologia UWB

·2 min de leitura

A Motorola deverá apresentar seu próximo celular dobrável em breve, com a nova geração da linha Razr. Várias especificações do dispositivo foram comentadas pelo portal XDA Developers, incluindo seu processador, tela e recursos adicionais, como o suporte para a tecnologia ultra wideband (UWB).

Motorola Razr pode ganhar terceira geração neste ano (Imagem: Divulgação/Motorola)
Motorola Razr pode ganhar terceira geração neste ano (Imagem: Divulgação/Motorola)

É possível que o aparelho seja comercializado com o Snapdragon 8 Gen 1, chipset mais atualizado da Qualcomm. Caso a informação esteja correta, será a primeira vez que a Motorola coloca uma plataforma topo de linha na série Razr — o primeiro modelo de 2019 veio com o Snapdragon 710, enquanto o Razr 5G veio com o Snapdragon 765G, ambos considerados intermediários.

O conjunto de desempenho deverá ser completado com opções que variam entre 6, 8 ou 12 GB de RAM, além de 128, 256 ou 512 GB de armazenamento interno, o que também confirmaria um caráter mais premium do novo dispositivo.

Já a tecnologia UWB poderá ser uma novidade na linha, com ondas de frequência muito alta que podem ser utilizadas para controle de diversos dispositivos, como uma alternativa ao Bluetooth ou Wi-Fi. O recurso já está presente em aparelhos como o Pixel 6 Pro, e a Xiaomi é uma entusiasta do UWB, pois já revelou planos para otimizar as conexões com itens de casa inteligente por meio dessa tencologia.

Novo dobrável da Motorola pode ter notch mais discreto (Imagem: Canaltech)
Novo dobrável da Motorola pode ter notch mais discreto (Imagem: Canaltech)

As outras características do aparelho permanecem no campo da incerteza, mas é possível que o Razr 3 tenha duas telas, em que o display flexível teria resolução Full HD, suporte para taxa de atualização de 120 Hz e notch mais discreto. Enquanto isso, o painel externo seria rígido e serviria para funções mais básicas, como visualização de notificações e controle de músicas, por exemplo.

O celular deverá rodar o Android 12 de fábrica, e rumores divulgados anteriormente mostram que ele poderá ter otimizações para uso com tela parcialmente aberta — o que não seria exatamente uma novidade, pois que companhias como a Samsung já possuem sistema semelhante.

As duas gerações anteriores do Razr não chegaram a ser um grande fenômeno de vendas, especialmente em comparação com os concorrentes da companhia coreana, e por causa disso a Motorola poderá mudar a estratégia e transformá-lo em um flagship, mas isso pode aumentar ainda mais o preço sugerido.

Ainda não existem informações concretas em relação a prazos para o lançamento da nova geração da linha Razr. O último modelo foi apresentado em setembro de 2020, e a nova geração deverá ser vendida na China, Europa e América do Norte.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos