Mercado fechado

Motorola mostra carregador sem fio que recarrega celulares a até 1m de distância

Diego Sousa
·1 minuto de leitura

No mesmo dia em que a Xiaomi apresentou a primeira tecnologia de carregamento sem fio capaz de recarregar aparelhos à distância, um executivo da Motorola revelou que a empresa também trabalha em uma solução própria semelhante. Em vídeo publicado no microblog chinês Weibo, ele demonstrou um protótipo que tem funcionamento parecido ao produto da chinesa.

O que chama mais atenção no gadget da Motorola em relação ao Mi Air Charge da Xiaomi é o seu tamanho consideravelmente menor — ao que tudo indica, o acessório consegue recarregar somente celulares, enquanto o produto da rival suporta outros dispositivos.

Tecnologia de carregamento da Motorola é capaz de recarregar aparelhos a distância (Imagem: Reprodução/Motorola)
Tecnologia de carregamento da Motorola é capaz de recarregar aparelhos a distância (Imagem: Reprodução/Motorola)

A demonstração garante que a tecnologia da Motorola fornece energia a uma distância de 1 metro do smartphone, mas não revelou qual a potência envolvida no processo. Além disso, o envio parece ser interrompido quando há um obstáculo no caminho — nesse caso, a mão do executivo. Infelizmente, não fica claro se o carregamento é pausado pela limitação do dispositivo ou por questões de segurança ao usuário.

Internamente, a solução vem sendo chamada de "One Hyper" — sim, o mesmo do celular vendido no Brasil —, mas esse não deve ser seu nome comercial. Além disso, a Motorola não revelou mais detalhes sobre o produto, tampouco uma previsão de lançamento para o consumidor final.

O rival Mi Air Charge promete recarregar pulseiras, lâmpadas, relógios, alto-falantes e outros dispositivos inteligentes, além de smartphones. O produto entrega 5 W de potência "em um raio de vários metros", garante a fabricante, e sua eficiência de carregamento não é prejudicada por obstáculos no caminho. Odispositivo da Xiaomi também não tem lançamento previsto.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: