Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.221,19 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,64 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    45.513,77
    -1.127,32 (-2,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,64 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,96 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,26 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7583
    +0,0194 (+0,29%)
     

Motorola lança Moto E7 Power no Brasil com bateria gigante e preço alto

Diego Sousa
·2 minuto de leitura

Assim como aconteceu com o lançamento do Moto E6i no Brasil, a Motorola oficializou o Moto E7 Power para o mercado nacional de maneira discreta nesta terça-feira (16). O smartphone básico tem como principal diferencial a bateria de 5.000 mAh, com promessa de até dois dias de autonomia, e a tela de 6,5 polegadas HD+, mas preço pode assustar.

Moto E7 Power: principais características

O Moto E7 Power é equipado com uma tela Max Vision de 6,5 polegadas com resolução HD+, a mesma que equipa alguns modelos da linha Moto G. O notch ainda é em formato de gota e abriga uma câmera frontal de apenas 5 MP.

Moto E7 Power aposta em tela Max Vision presente na linha Moto G (Imagem: Divulgação/Motorola)
Moto E7 Power aposta em tela Max Vision presente na linha Moto G (Imagem: Divulgação/Motorola)

Por dentro, o Moto E7 Power conta com um processador básico da MediaTek, modelo Helio G25, com velocidade máxima de 2 Ghz. Ele trabalha com apenas 2 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento interno, conjunto bastante básico para os padrões atuais. No site da Motorola, o celular é listado com sistema operacional Android 10, e não a versão Go Edition, que funciona melhor em aparelhos mais modestos.

Um dos destaques do E7 Power é a sua bateria de 5.000 mAh, capacidade padrão nos celulares mais atuais da Motorola — segundo a marca, o dispositivo é capaz de passar até dois dias longe tomada. Ele ainda acompanha um carregador na caixa de 10 W de potência.

Com relação às câmeras, o lançamento traz apenas dois sensores traseiros, um de 13 MP com abertura de f/2 e lente wide e outro de 2 MP (f/2.4) e lente macro. Na frente, há um sensor de selfies de apenas 5 MP (f/2.2).

Moto E7 Power tem apenas duas câmeras traseiras (Imagem: Divulgação/Motorola)
Moto E7 Power tem apenas duas câmeras traseiras (Imagem: Divulgação/Motorola)

Outras características do E7 Power incluem suporte para dois chips de operadora, Bluetooth 5.0, GPS e Wi-Fi de 2,4 GHz. Ele também suporta cartão microSD, embora seja necessário "sacrificar" uma das bandejas para o chip.

Preço e disponibilidade

O Moto E7 Power já pode ser encontrado no site oficial da Motorola nas cores azul metálico e vermelho coral. O preço sugerido é de R$ 1.099. Com exceção da bateria de 5.000 mAh e da tela Max Vision, sua ficha técnica é muito básica para considerá-lo por esse preço — inclusive, há modelos da linha Moto G custando até mais barato.

Motorola Moto E7 Power: ficha técnica

  • Tela: 6,5 polegadas, IPS LCD, resolução HD+;

  • Chipset: MediaTek Helio G25;

  • Memória RAM: 2 GB;

  • Armazenamento interno: 32 GB expansíveis via cartão de memória;

  • Câmera traseira: 13 MP (principal) + 2 MP (macro);

  • Câmera frontal: 5 MP;

  • Dimensões: 165,1 x 75,9 x 9,2 mm;

  • Peso: 199,5 gramas;

  • Bateria: 5.000 mAh;

  • Extras: USB-C, entrada P2, leitor de digitais;

  • Cores disponíveis: azul metálico; vermelho coral;

  • Sistema operacional: Android 10.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: