Mercado abrirá em 5 h 9 min
  • BOVESPA

    109.951,49
    +2.121,77 (+1,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.125,01
    -210,50 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,48
    +0,01 (+0,01%)
     
  • OURO

    1.892,50
    +1,80 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    22.629,60
    -583,37 (-2,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    521,43
    -15,46 (-2,88%)
     
  • S&P500

    4.117,86
    -46,14 (-1,11%)
     
  • DOW JONES

    33.949,01
    -207,68 (-0,61%)
     
  • FTSE

    7.885,17
    +20,46 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    21.608,25
    +324,73 (+1,53%)
     
  • NIKKEI

    27.584,35
    -22,11 (-0,08%)
     
  • NASDAQ

    12.597,50
    +52,25 (+0,42%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5801
    +0,0127 (+0,23%)
     

Motorola Edge 30: qual dos cinco é o melhor?

A Motorola lançou uma linha com cinco celulares Edge em 2022, cada um com características próprias. O que muda do Motorola Edge 30 básico para o Edge 30 Pro, e destes para os Neo, Fusion e Ultra?

Uma característica em comum é a tela OLED. Mas tem modelos com processador intermediário e modelos com chip topo de linha. Câmeras e baterias também têm mais diferenças do que semelhanças. Sem falar nas diferentes faixas de preço.

O Canaltech traz um super comparativo entre os cinco Motorola Edge 30 para ajudar quem está em dúvida de qual escolher.

Design e construção

As diferenças já começam na construção dos aparelhos. Edge 30 e 30 Pro têm lateral em plástico e traseira de vidro, ao passo que o Neo tem ambos em plástico. Já Fusion e Ultra são mais ‘premium’, com laterais em alumínio e traseira em vidro.

Os tamanhos também são um pouco diferentes. O Neo é o menor dos cinco, seguido pelo Motorola Edge 30 Fusion. A versão básica é pouca coisa maior em largura, e aí temos o Ultra e o Pro, sendo este último o maior, especialmente na largura.

Motorola Edge 30 é a versão intermediária dentro da própria linha (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)
Motorola Edge 30 é a versão intermediária dentro da própria linha (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)

Já falando nos pesos, temos a ordem, do mais pesado para o mais leve: Ultra, Pro e Fusion, com o Neo e a versão básica empatados.

Todos eles possuem resistência contra respingos d’água, e os três mais novos possuem também uma proteção contra poeira. Nenhum dos cinco possui conector P2 para fones de ouvido.

Tela

  • Edge 30: AMOLED 6,5” 1080 x 2400 pixels;

  • Edge 30 Pro: OLED 6,7” 1080 x 2400 pixels;

  • Edge 30 Neo: pOLED 6,28” 1080 x 2400 pixels;

  • Edge 30 Fusion: pOLED 6,55” 1080 x 2400 pixels;

  • Edge 30 Ultra: pOLED 6,67” 1080 x 2400 pixels.

Cada Motorola Edge 30 tem um tamanho de tela próprio, mas são mais ou menos próximos. E claro que os tamanhos de cada dispositivo está relacionado com as polegadas de seu display. A ordem é, do menor para o maior: Neo, 30, Fusion, Pro e Ultra.

Todos possuem a mesma resolução, Full HD+, com 1080 x 2400 pixels. Isso garante imagem bem nítida, ainda mais considerando os tamanhos de cada display. Além disso, o painel OLED ajuda a entregar ótimo contraste, cores vívidas e brilho máximo excelente para uso na rua.

Edge 30 Pro tem chip topo de linha e traz tela plana (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)
Edge 30 Pro tem chip topo de linha e traz tela plana (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)

Outro ponto é a taxa de atualização da tela, que é de 144 Hz. Exceto pelo Neo, que tem 120 Hz. Ou seja, de qualquer maneira, os cinco possuem uma taxa alta, então entregam fluidez de animações em nível que agrada os gamers.

E uma questão mais estética é a lateral curvada nas telas de Edge 30 Neo, Fusion e Ultra. Os modelos lançados primeiro, ou seja, Edge 30 e 30 Pro, têm display totalmente plano, como na segunda geração da linha.

Configuração e desempenho

  • Edge 30: Snapdragon 778G+, 8 GB RAM, 256 GB armazenamento;

  • Edge 30 Pro: Snapdragon 8 Gen 1, 12 GB RAM, 256 GB armazenamento;

  • Edge 30 Neo: Snapdragon 695 8 GB RAM, 256 GB armazenamento;

  • Edge 30 Fusion: Snapdragon 888+, 8 GB RAM, 256 GB armazenamento;

  • Edge 30 Ultra: Snapdragon 8+ Gen 1, 12 GB RAM, 256 GB armazenamento.

Edge 30 e 30 Neo têm processador intermediário, enquanto os outros três possuem versões levemente diferentes do chip topo de linha da Qualcomm. Mesmo o menos potente dos cinco ainda entrega um bom desempenho, e todos eles já trazem suporte ao 5G.

No caso, o menos potente é o Neo, que é um intermediário que faz jus ao nome. Ele já consegue rodar jogos mais recentes da Play Store, mas pode ser necessário fazer redução gráfica em alguns deles. O Edge 30 é mais veloz, mas também pode precisar de ajustes para alguns games.

Edge 30 Neo é a opção compacta na linha da Motorola (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)
Edge 30 Neo é a opção compacta na linha da Motorola (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)

Os outros três, Fusion, 30 Pro e 30 Ultra, na ordem de menos para mais potente, vão conseguir rodar de tudo sem grandes problemas. A menos que você seja um jogador muito exigente, pode escolher qualquer um, pois todos oferecem a melhor experiência que o Android pode oferecer atualmente.

Usabilidade

A linha Motorola Edge 30 saiu toda com o Android 12 de fábrica. E a empresa garante update para o Android 13 em todos, apesar de não sabermos quando isso vai acontecer. Além disso, a maioria está garantida com mais dois anos de updates de segurança.

Edge 30 Fusion é a versão competente a preço mais em conta (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)
Edge 30 Fusion é a versão competente a preço mais em conta (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)

Falando em funções, são aparelhos com os gestos da Motorola. Ou seja, dá para abrir a câmera ao girar o pulso duas vezes e acender a lanterna com um agito duplo do aparelho. E todos também possuem o Ready For, com algumas funcionalidades bacanas ao conectar o celular em uma tela grande.

Câmeras

  • Edge 30: 50 MP (principal) + 50 MP (ultrawide) + 2 MP (profundidade), 32 MP (frontal);

  • Edge 30 Pro: 50 MP (principal) + 50 MP (ultrawide) + 2 MP (profundidade), 60 MP (frontal);

  • Edge 30 Neo: 64 MP (principal) + 13 MP (ultrawide), 32 MP (frontal);

  • Edge 30 Fusion: 50 MP (principal) + 13 MP (ultrawide) + 2 MP (profundidade), 32 MP (frontal);

  • Edge 30 Ultra: 200 MP (principal) + 50 MP (ultrawide) + 12 MP (teleobjetiva), 60 MP (frontal).

O Motorola Edge 30 Neo é o único modelo da linha lançado em 2022 a não contar com um conjunto de três câmeras na parte traseira. Todos têm uma principal de 50 MP (64 MP no Neo e 200 MP no Ultra) e uma ultrawide. A terceira lente, quando há, é geralmente de profundidade, mas o Ultra tem uma teleobjetiva.

Ficar descrevendo as diferenças de cada conjunto tornaria o texto longo e pode confundir mais do que ajudar. O importante é que todos eles entregam fotos mais que satisfatórias para as redes sociais, e não muito mais do que isso.

O Edge 30 Ultra é a melhor opção para quem quer um celular da Motorola e dá muita importância à qualidade das fotos. Porém todos eles são inferiores a seus concorrentes de outras marcas no quesito qualidade de fotos e vídeos.

Motorola Edge 30: exemplos de fotos

Motorola Edge 30 Pro: exemplos de fotos

Motorola Edge 30 Neo: exemplos de fotos

Motorola Edge 30 Fusion: exemplos de fotos

Motorola Edge 30 Ultra: exemplos de fotos

Bateria e carregamento

  • Edge 30: 4.020 mAh, 33 W;

  • Edge 30 Pro: 4.800 mAh, 68 W com fio, 15 W sem fio;

  • Edge 30 Neo: 4.020 mAh, 68 W com fio, 5 W sem fio;

  • Edge 30 Fusion: 4.400 mAh, 68 W com fio;

  • Edge 30 Ultra: 4.610 mAh, 125 W com fio, 50 W sem fio.

Cada Motorola Edge 30 tem uma capacidade de bateria, mas nenhum chega a 5.000 mAh, o número mais comum entre intermediários atuais. Nem por isso eles entregam pouco tempo de uso, e todos conseguem mais de um dia longe da tomada.

Isso se deve graças à boa otimização da Motorola, aliado à tela OLED, mais econômica que painéis LCD.

Se você quiser uma ordem para a duração, mesmo que todos entreguem mais de um dia, é a seguinte: Motorola Edge 30 Ultra tem a melhor duração no dia a dia, seguido pelos Neo e Fusion praticamente empatados. Edge 30 e 30 Pro ficam um pouco atrás.

Motorola Ede 30 Ultra é o modelo mais completo da linha (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)
Motorola Ede 30 Ultra é o modelo mais completo da linha (Imagem: Ivo Meneghel Jr/Canaltech)

Mas é importante lembrar que a duração da bateria depende muito do tipo de uso de cada pessoa. Às vezes você consegue extrair um tempo maior no Pro do que um conhecido extrai do Fusion, por exemplo. O importante é que todos têm boa eficiência energética.

Já no caso da recarga, fica mais simples fazer o ranking. O Ultra carrega muito mais rápido, e pode entregar de 0% até 100% em cerca de 20 minutos. Todos os outros ficam entre 50 minutos e uma hora de tomada para preencher completamente a carga.

Qual Motorola Edge 30 é melhor?

Como é de costume nos comparativos aqui do Canaltech, não posso eleger um dos Motorola Edge 30 como o melhor. Isto vai depender do que você precisa. Claro que o Ultra é o mais completo da linha, e o preço dele no mercado é uma indicação clara disso.

O mais interessante é você entender o que precisa e procurar seu smartphone a partir daí. Neo é excelente para quem busca um celular compacto, ao passo que o Edge 30 é ótimo como um intermediário de boa potência.

E aí sobram dois bastante poderosos, mas um pouco menos completos que o Ultra. O Fusion tem a tela com laterais curvadas, e isso pode ser um critério de desempate sobre o Pro. Mas, no geral, são dois aparelhos com propostas parecidas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: