Mercado fechará em 1 h 16 min
  • BOVESPA

    114.033,15
    -1.029,39 (-0,89%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.192,33
    +377,16 (+0,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,57
    -0,04 (-0,06%)
     
  • OURO

    1.756,10
    -38,70 (-2,16%)
     
  • BTC-USD

    47.566,38
    -389,54 (-0,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.221,45
    -11,84 (-0,96%)
     
  • S&P500

    4.471,22
    -9,48 (-0,21%)
     
  • DOW JONES

    34.742,87
    -71,52 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.027,48
    +10,99 (+0,16%)
     
  • HANG SENG

    24.667,85
    -365,36 (-1,46%)
     
  • NIKKEI

    30.323,34
    -188,37 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.491,25
    -12,75 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2034
    +0,0074 (+0,12%)
     

Motorola detalha funcionamento do zoom 5x do Edge 20 Pro com "ótica dobrada"

·2 minuto de leitura

Em comunicado enviado nesta quarta-feira (01), a Motorola deu detalhes de como é o funcionamento da lente periscópica do Edge 20 Pro, que alcança zoom óptico de 5x e digital de até 50x. O aparelho utiliza um sistema chamado de "ótica dobrada", em que o sinal de luz faz uma curva dentro do módulo, antes de chegar ao sensor.

O zoom óptico depende de um determinado afastamento entre as lentes da câmera — por isso algumas lentes de dispositivos profissionais para eventos esportivos são tão grandes, por exemplo. Porém, os smartphones apresentam uma limitação física, que geralmente causa uma diferença de espessura (também conhecido como "bump") entre a tampa traseira do aparelho e o módulo de câmeras.

Sistema de "ótica dobrada" evita grande diferença de espessura em módulo de câmeras (Imagem: Ivo/Canaltech)
Sistema de "ótica dobrada" evita grande diferença de espessura em módulo de câmeras (Imagem: Ivo/Canaltech)

A Motorola resolve esse problema com um prisma redirecionador de luz, que recebe as informações luminosas vindas do ambiente externo e faz uma orientação para que sigam em um ângulo de 90 graus em relação à parte traseira do aparelho, e então passam pelos elementos da lente que fornecem o zoom óptico.

A solução é utilizada de forma similar a outros aparelhos com câmera periscópica, como o Xiaomi Mi 11 Ultra, que também oferece 5x de alcance máximo no zoom óptico, e o Galaxy S21 Ultra, que chega a 10x de zoom óptico. No comunicado, a Motorola também destacou o funcionamento da estabilização óptica de imagem durante o uso do zoom, além da possibilidade de utilização de um sistema híbrido, que evita a perda excessiva de qualidade em imagens com aproximação de até 50x, segundo a marca.

Câmeras foram aprovadas na análise do Canaltech

Lente Zoom é capaz de alcançar longas distâncias sem perder qualidade (Imagem: Diego Sousa/Canaltech)
Lente Zoom é capaz de alcançar longas distâncias sem perder qualidade (Imagem: Diego Sousa/Canaltech)

Em review publicado pelo Canaltech no dia 25 de agosto, todas as câmeras do Edge 20 Pro foram aprovadas. O sensor principal de 108 MP tem a tecnologia Ultra Pixel, que junta fotos de 12 MP e otimiza a qualidade final por meio de um algoritmo.

A câmera periscópica também recebeu destaque, com imagens nítidas e detalhes presentes, pelo menos no modo 5x. Porém, ao aplicar o zoom digital a qualidade cai bastante, o que já é esperado.

Clique aqui para conferir a análise competa do Motorola Edge 20 Pro

O infográfico completo publicado pela Motorola pode ser conferido abaixo. O Motorola Edge 20 Pro pode ser encontrado à venda pelo preço sugerido de R$ 4.999.

Zoom óptico das câmeras do Edge 20 Pro foi aprovado na análise do Canaltech (Imagem: Divulgação/Motorola)
Zoom óptico das câmeras do Edge 20 Pro foi aprovado na análise do Canaltech (Imagem: Divulgação/Motorola)

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos