Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,17 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,14 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,23
    -2,65 (-3,49%)
     
  • OURO

    1.877,70
    -53,10 (-2,75%)
     
  • BTC-USD

    23.423,50
    +22,06 (+0,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    535,42
    -1,43 (-0,27%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,93 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.660,47
    -297,89 (-1,36%)
     
  • NIKKEI

    27.509,46
    +107,41 (+0,39%)
     
  • NASDAQ

    12.616,50
    -230,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5385
    +0,0488 (+0,89%)
     

Motoristas poderão negociar carros pela Carteira Digital de Trânsito

Carteira digital de trânsito: governo anunciou que apenas veículos saídos de fábrica ou transferidos a partir de janeiro de 2021 estarão aptos para negócios
Carteira digital de trânsito: governo anunciou que apenas veículos saídos de fábrica ou transferidos a partir de janeiro de 2021 estarão aptos para negócios (Getty Images)
  • Novo recurso da carteira digital de trânsito estará disponível em março

  • Vistoria continuará obrigatória, devendo ser realizada no Detran

  • Comprador e vendedor precisam estar cadastrados no Gov.Br

Lançado pelo Ministério da Infraestrutura em novembro de 2019, a Carteira Digital de Trânsito - aplicativo desenvolvido pelo Serpro, que está disponível gratuitamente nas lojas Google Play e na App Store - 'ganhou' mais uma funcionalidade que deverá estar disponível em março para quem baixou e fez o cadastro no aplicativo do governo federal. Agora, além de poder receber avisos de vencimento da validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), consultar infrações e ser avisado sobre recalls, o motorista também conseguirão comercializar veículos, com documentação em formato digital.

Leia também:

Facilidade e menos burocracia

Assim que o novo recurso estiver disponível, não será mais necessário ir ao cartório de forma presencial e/ou realizar os procedimentos de compra e venda dos veículos utilizando documentos em papel. Os motoristas que já tiverem baixado o aplicativo da Carteira Digital de Trânsito, com cadastro ativo, precisarão apenas que o documentação do veículo também esteja em formato digital para realizar a transação pelo app. É importante lembrar que tanto comprador como vendedor precisam estar cadastrados no Gov.Br.

Vale para todos os veículos?

Para se enquadrar neste novo estilo de compra e venda de carros, por meio digital, o governo federal anunciou que apenas veículos saídos de fábrica ou transferidos a partir de janeiro de 2021 estarão aptos para tal. E mais, o departamento de trânsito do estado (Detran) precisa ter aderido ao novo sistema, para que o processo todo seja realizado. A vistoria, no entanto, continuará obrigatória e presencial - devendo ser realizada no Detran do estado do comprador.