Mercado fechado

Motoristas e proprietários de veículos têm dificuldade em agendar serviços do Detran-RJ

·2 minutos de leitura
Fila para atendimento de motoristas na sede do Detran, no Centro do Rio
Fila para atendimento de motoristas na sede do Detran, no Centro do Rio

Os dados anotados num papel ao lado do computador é um lembrete para a professora universitária e jornalista Luciana Roxo tentar, mais uma vez, agendar atendimento no Detran RJ para o serviço de transferência de propriedade. A insistência persiste há quase três meses. Pelo site, uma mensagem informa não haver postos disponíveis, mesmo com aberturas de mais unidades nesta semana pelo estado. Já ao telefone, a linha ocupada marca presença. No início da tarde desta terça-feira, enfim a voz da atendente, mas trazendo más notícias: não há vagas.

Há quem não tenha paciência para insistir na tentativa de agendar o atendimento. Não são raras as longas filas na porta das unidades do Detran-RJ desde a retomada - ainda gradual - devido à pandemia de Covid-19. O órgão destaca que, no momento, a prioridade são os atendimentos em casos emergenciais. Por isso, prazos foram estendidos para evitar uma corrida aos postos.

Nem assim tem sido tarefa fácil agendar o atendimento.

- Eu comprei o carro há dois anos e não fiz a transferência de propriedade. Agora quero trocar de carro e preciso do documento para isso. Em julho, recebi um dinheiro para juntar com o valor do carro. Paguei tudo o que era necessário e, na hora, vi que não estava disponível. Umas duas semanas depois avisaram que estavam voltando com o serviço. Desde então, eu tento todo dia. Tento de manhã, de tarde, de noite. Tento em vários horários diferentes por dia. A gente não sabe o que fazer - conta Luciana.

Ela mora perto do posto da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, mas já tentou agendamento até para unidades no interior do estado, pensando ser mais fácil uma vaga. A estratégia não adiantou. Nas redes sociais do Detran-RJ, motoristas e proprietários de veículos contam como têm conseguido. Insistência é requisito principal.

O Detran RJ, por meio de nota, afirma que o fechamento de quase todas as unidades causou a grande demanda reprimida. O órgão pede que "antes de procurar atendimento, o usuário busque informações no site do Detran ou nas redes sociais do órgão e que, nesse momento, só procurem pelos serviços quem realmente tem urgência.". As vagas são abertas ao longo do dia, sendo encerradas somente quando atingem o limite de agendamento.

É recomendado que não se chegue antes do horário agendado e, quando possível, vá sem acompanhantes e sempre usando máscara. O Detran pede que somente quem tem o horário marcado vá até a unidade escolhida para o atendimento.

O Detran RJ tem retomado seus serviços de forma gradual, e em parte sendo necessário o agendamento prévio pelo site do Detran e pelo teleatendimento através dos números (21) 3460-4040 / 3460-4041 / 3460-4042.