Mercado fechado

MotoGP: Chefe da Tech3 diz que "subestimado" Oliveira calou críticos com vitória

Lewis Duncan
·2 minutos de leitura

para obter seu primeiro triunfo na categoria. E segundo seu chefe, o feito foi suficiente para calar os críticos.

, perdeu possíveis pódios nos GPs da Andaluzia e da Áustria, devido a incidentes com dois companheiros de KTM, Brad Binder e Espargaró.

Leia também:

Equipes da F1 e da MotoGP "oferecem" vaga a Messi após rumores de saída do Barcelona MotoGP: Yamaha e Petronas querem acelerar contratação de Rossi para 2021 Espargaró e Miller lamentam vitória que escapou na última curva na Estíria: "Fiquei em choque quando vi Oliveira passando"

Segundo o chefe da equipe Tech3, Herve Poncharal, Oliveira era "subestimado" por quem via a Tech3 de fora, e a "percepção" do piloto português era de dúvida com relação à sua capacidade de correr na frente na MotoGP.

em entrevista exclusiva. "Ele era subestimado porque seus resultados não eram tão bons quanto os de Brad".

"Mas sabíamos que, na corrida 2 erm Jerez, ele saiu em quinto e acabou abandonando na primeira curva, e poderia ter mostrado resultados, podendo até ficar próximo do pódio".

"Aí chegamos na República Tcheca, ele cometeu um erro no TL3 e isso custou a ele uma posição boa no grid. Mas ele fez uma corrida fantástica, terminando em sexto. Na primeira corrida da Áustria, esse incidente com Pol".

"É por isso que estou muito feliz porque esse cara é rápido. Além disso, ele é pé no chão, educado, esperto, bem educado. Algumas pessoas acham que para andar na ponta você precisa ser mais selvagem e até um pouco mal educado".

"E a percepção que as pessoas tinham de Miguel era algo como 'ok, esse cara nunca vai vencer uma corrida na MotoGP'".

"Mas sabíamos que, comparando os dados com os outros três pilotos da KTM, havia sim essa possibilidade. E fico muito feliz de Miguel ter mostrado a todos sua qualidade como piloto da MotoGP. Fico feliz também que ele mostrou isso antes de passar a ser piloto da equipe oficial da KTM no ano que vem".

A vitória de Oliveira veio na 900ª corrida da história da categoria rainha, fazendo dele também o primeiro piloto de Portugal a vencer uma corrida na MotoGP.

O piloto da Tech3 também é o primeir a subir através da escada da KTM à MotoGP, começando na Copa Red Bull de Novatos antes de conquistar os vice-campeonatos da Moto3 (2016) e da Moto2 (2018) com a montadora austríaca antes de estrear na MotoGP em 2019 com a Tech3.

Button compara ‘aniquilador’ Verstappen a Senna e Schumacher: “Adoraria vê-lo enfrentar Hamilton”

Podcast – Na guerra de bastidores dos circuitos, qual é o calendário dos sonhos da F1?

 

Your browser does not support the audio element.

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Spotify Deezer  Apple Podcasts Google Podcasts