Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.005,22
    +758,07 (+0,71%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.289,91
    +895,88 (+1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,85
    -0,36 (-0,32%)
     
  • OURO

    1.840,70
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    30.172,02
    +1.270,70 (+4,40%)
     
  • CMC Crypto 200

    671,06
    +18,83 (+2,89%)
     
  • S&P500

    3.900,79
    -22,89 (-0,58%)
     
  • DOW JONES

    31.253,13
    -236,94 (-0,75%)
     
  • FTSE

    7.302,74
    -135,35 (-1,82%)
     
  • HANG SENG

    20.120,68
    -523,60 (-2,54%)
     
  • NIKKEI

    26.440,44
    +37,60 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    11.961,50
    +83,25 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1739
    -0,0449 (-0,86%)
     

Moto, feijoada e filmes policiais: o happy hour da diretora da Kawasaki

Sônia Harue Ando, diretora da Kawasaki Motores do Brasil, gosta de aventura desde a infância. Filmes policias, por exemplo, são os preferidos desde que era menina. Pilotar moto, que é um dos seus hobbies, também surgiu cedo: ainda na adolescência, a cena da novela Fera Radical (1988), na qual Malu Mader aparece sobre uma motocicleta, fez Sônia começar a sonhar com a sua prória moto também.

Além do perfil aventureiro quando o tema é diversão, Sônia também tem um lado caseiro. Ela gosta muito de cozinhar para pessoas queridas: umas das especialidades da executiva é a feijoada. Esse lado afetuoso também se estende para gosto peles filmes que ela classifica como “água com açúcar”, como o “Matilda”.

A dica de leitura de Sônia são os dois volumes do livro “As donas da p** toda”, obra idealizada e organizada por Juliana Serfim na qual mulheres empoderadas de diversos segmentos profissionais escrevem textos para inspirar outras mulheres.

Cadeira nº 1 da Kawasaki Motores do Brasil

Após 12 anos de casa e quatro como gerente comercial, Sônia Harue Ando, assumiu, em março, a diretoria Comercial & Marketing da Kawasaki Motores do Brasil. Em um universo predominantemente masculino (apenas 18% dos colaboradores da montadora são mulheres), Sônia se tornou a primeira mulher a conquistar o cargo mais importante da empresa japonesa. Tendo como marca de gestão o trabalho em equipe, a executiva se preocupa com o que chama de “crescimento estruturado” das vendas “Se eu cresço 50% em o ano, e no período seguinte eu caio, é ruim”, explica a executiva.

Enquanto o mercado de motos cresceu 8,4% em março de 2022, em relação ao mesmo período de 2021, a Kawasaki teve um crescimento anual de vendas de aproximadamente 12%, número comemorado pela nova diretora Comercial & Marketing.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos