Mercado abrirá em 9 h 27 min
  • BOVESPA

    98.294,64
    -314,12 (-0,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.503,22
    -533,16 (-1,11%)
     
  • PETROLEO CRU

    99,58
    +0,08 (+0,08%)
     
  • OURO

    1.769,00
    +5,10 (+0,29%)
     
  • BTC-USD

    19.860,84
    -343,96 (-1,70%)
     
  • CMC Crypto 200

    430,15
    -9,88 (-2,24%)
     
  • S&P500

    3.831,39
    +6,06 (+0,16%)
     
  • DOW JONES

    30.967,82
    -129,44 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.025,47
    -207,18 (-2,86%)
     
  • HANG SENG

    21.541,39
    -311,68 (-1,43%)
     
  • NIKKEI

    26.089,86
    -333,61 (-1,26%)
     
  • NASDAQ

    11.789,75
    -18,75 (-0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5296
    -0,0001 (-0,00%)
     

Moscou pagou cupons de eurobônus em moeda estrangeira, diz central de liquidação russa

Nota de rublo com notas de euro ao fundo

(Reuters) - A central de liquidação de operações financeiras da Rússia pagou cupons em moeda estrangeira referentes a dois eurobônus nesta sexta-feira, disse um representante da instituição à Reuters, uma medida que significa que o país pode ter evitado novamente um calote.

A central disse que pagou em moeda estrangeira cupons de Eurobonds com vencimento em 2026 e 2036, ambos com prazo em 27 de maio.

Moscou antecipou dois pagamentos de sua dívida internacional na sexta-feira passada em sua mais recente tentativa de evitar um calote, poucos dias antes de os Estados Unidos decidirem não estender uma isenção importante que permitia transações para pagamento de eurobônus russos em moeda estrangeira.

O ministro das Finanças da Rússia, Anton Siluanov, disse nesta semana que o país continuará a pagar suas obrigações estatais de Eurobonds em rublos se não puder pagar em moeda estrangeira, e defenderá seu papel como pagador de empréstimos confiável por todos os meios possíveis.

Siluanov afirmou que não haverá impacto na economia se os EUA declararem que a Rússia está em calote técnico referente a seus eurobônus.

Mas analistas estavam mais céticos sobre os efeitos de um possível impacto na economia local no longo prazo, já que o déficit russo pode se expandir muito como consequência da invasão da Ucrânia, disse Takahide Kiuchi, economista do Nomura Research Institute.

"A economia russa não pode ficar sem financiamento ou dinheiro do exterior. Então, nesse sentido, a falta de acesso ao mercado global poderia reduzir o potencial de crescimento da economia russa no longo prazo", afirmou Kiuchi.

(Reportagem da Reuters)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos