Mercado abrirá em 52 mins
  • BOVESPA

    105.069,69
    +603,69 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.597,29
    -330,11 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,95
    +1,69 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.782,30
    -1,60 (-0,09%)
     
  • BTC-USD

    47.374,38
    -1.892,02 (-3,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.210,65
    -231,11 (-16,03%)
     
  • S&P500

    4.538,43
    -38,67 (-0,84%)
     
  • DOW JONES

    34.580,08
    -59,72 (-0,17%)
     
  • FTSE

    7.171,00
    +48,68 (+0,68%)
     
  • HANG SENG

    23.349,38
    -417,31 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    27.927,37
    -102,20 (-0,36%)
     
  • NASDAQ

    15.601,25
    -116,50 (-0,74%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3863
    -0,0090 (-0,14%)
     

Morte de cirurgião: suspeito do crime tem prisão convertida em preventiva pela Justiça

·3 min de leitura

Um dos suspeitos de envolvimento na morte do médico e cirurgião plástico Cláudio Marsili, de 64, assassinado durante um assalto, nesta terça-feira, na Barra da Tijuca, Tiago Barbosa dos Santos, de 38, teve a prisão em flagrante convertida em preventiva, durante audiência de custódia, realizada nesta quinta-feira, no presídio de Benfica, na Zona Norte do Rio.Tiago havia sido preso pela polícia, no Morro do Turano, na Tijuca, na Zona Norte horas após o crime.

O acusado estava com uma mochila do médico onde estavam guardados objetos pessoais da vítima como uma caneta e um carimbo. Ele acabou sendo autuado em flagrante pela Delegacia de Homicídios da Capital por crime de latrocínio. O suspeito tem 13 passagens pela polícia por crimes de assalto e receptação.
Nesta quinta-feira, o delegado Henrique Damasceno, titular da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), afirmou que a quadrilha especializada no roubo de carro de luxo e clonagem dos veículos com base no Morro do Turano, na Tijuca, está por trás da morte do cirurgião plástico. Thiago Fernandes Virtuoso, conhecido como Tio Comel, foi o responsável por encomendar e articular o roubo da Hilux do médico. Diligências feitas por agentes dessa especializada comprovaram a participação do grupo no crime.
Nesta quarta-feira, policiais da Delegacia de Homicídios da Capital refizeram o trajeto que a vítima havia feito antes de ser assassinada. Os agentes percorreram pontos entre a casa da vítima e a Rua Fernando Mattos, na Barra da Tijuca, onde o médico foi morto. Eles também analisam imagens que foram recolhidas de câmeras de segurança da região.

Cláudio Marsili foi morto, na manhã de terça-feira, quando chegava ao trabalho em uma clínica na Rua Fernando Mattos. Ele dirigia um Toyta Hailux quando bandidos que estavam em um Sandero abordaram a vítima. Ele não reagiu, mas os assaltantes dispararam tiros assim mesmo. Em seguida, os criminosos fugiram levando o carro do médico. Horas após o crime, o veículo foi localizado numa rua da Tijuca. Já o automóvel usado pelos assassinos foi localizado no Morro do Turano, no mesmo bairro.
A Polícia Civil investiga se a quadrilha que pode estar por trás da morte do cirurgião também roubou um carro igual ao dele que pertencia a um casal de aposentados, cerca de 12 horas do assassinato, na Tijuca, Zona Norte da cidade. A suspeita é de que o grupo especializado em veículos de luxo e que tem como base o Morro do Turano, justamente a comunidade em que foi encontrado o Hilux do médico, avaliado em cerca de R$ 250 mil, possa ter participado dos dois crimes.
Os dois crimes podem ter sido praticados pelo bando chefiado por Thiago Fernandes Virtuoso, conhecido como Tio Comel, de 35 anos. Envolvido com o tráfico de drogas no Turano, ele é apontado como um dos maiores ladrões de carro em bairros como Tijuca, Jardim Botânico, Gávea, Lagoa e Barra da Tijuca. Thiago também seria o cabeça da principal quadrilha de clonagem de veículos do estado. Ele é procurado pela Justiça e está foragido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos