Mercado fechará em 37 mins
  • BOVESPA

    125.739,95
    +687,17 (+0,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.969,72
    +701,27 (+1,40%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,07
    0,00 (0,00%)
     
  • OURO

    1.797,30
    -4,50 (-0,25%)
     
  • BTC-USD

    40.374,86
    +5.972,60 (+17,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    957,92
    +42,44 (+4,64%)
     
  • S&P500

    4.420,86
    +9,07 (+0,21%)
     
  • DOW JONES

    35.136,23
    +74,68 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.025,43
    -2,15 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    26.192,32
    -1.129,66 (-4,13%)
     
  • NIKKEI

    27.833,29
    +285,29 (+1,04%)
     
  • NASDAQ

    15.121,75
    +23,75 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1062
    -0,0154 (-0,25%)
     

Mortal Kombat e Godzilla vs. Kong fazem HBO Max dominar streaming nos EUA

·2 minuto de leitura

Godzilla vs Kong e o novo Mortal Kombat estão bem longe de serem grandes filmes, mas foram suficientes para fazerem com que o HBO Max ficasse à frente de seus concorrentes no último trimestre. A plataforma de streaming teve um desempenho melhor do que Netflix e Disney+ entre os meses de abril e junho e muito disso foi por causa da pancadaria entre monstros gigantes e ninjas.

De acordo com os dados divulgados pela Reelgood, empresa que mensura dados de acesso de assinantes de serviços online nos EstadosUnidos, os dois filmes foram as maiores estreias do período entre dois milhões de usuários analisados no país. No caso do Mortal Kombat, o longa alcançou uma média de 8,9% de participação de streaming e engajamento em seu fim de semana de estreia — ou seja, a cada 100 pessoas que assinam alguma plataforma do gênero no país, nove estavam vendo o confronto de Sub-Zero e Scorpion.

A pancadaria dos monstros gigantes foi a segunda maior estreia dos EUA nos streaming (Imagem: Divulgação/Warner Bros.)
A pancadaria dos monstros gigantes foi a segunda maior estreia dos EUA nos streaming (Imagem: Divulgação/Warner Bros.)

Olhando assim, parece pouco, mas isso representa um total de quase 178 mil usuários em um único fim de semana, o que mostra como a adaptação do game de luta foi um enorme sucesso. E Godzilla vs. Kong não ficou muito distante disso, obtendo uma média de 8,1% de participação em seu fim de semana de estreia.

Com esses números dos filmes da Warner, o HBO Max ficou bem à frente da Netflix, cujos maiores lançamentos — Army of the Dead: Invasão em Las Vegas e A Mulher na Janela, ficaram com 6,7% e 4,8% respectivamente. Já a Disney+ obteve 4,7% de participação com Luca, a mais recente animação da Pixar.

Parte desse bom desempenho do HBO Max está em sua estratégia da Warner de disponibilizar seus filmes simultaneamente nos cinemas e no streaming, algo que foi muito criticado no início da pandemia, mas que vem trazendo bons frutos para a companhia.

O HBO Max chegou ao Brasil nesta terça-feira (29), mas o serviço desembarcou com uma estratégia um pouco diferente por aqui. Ao contrário do que vimos nos EUA, as estreias chegarão ao streaming 35 dias depois de serem lançadas nos cinemas.

Disney+ se destaca nas séries

E se a pancadaria de monstros e ninjas fez a HBO Max dominar na área de filmes, a coisa muda de figura quando pulamos para a aba de séries. Nesse caso, o Disney+ sai na frente, impulsionada principalmente pelas séries do Marvel Studios.

A estreia de Loki, segundo o Reelgood, teve uma participação e engajamento na estreia na faixa de 10,5% no segundo trimestre de 2021, à frente de outra adaptação de quadrinhos — desta vez da DC — na Netflix. Sweet Tooth chegou ao serviço e engajou 4,2% dos usuários norte-americanos.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos