Mercado abrirá em 7 h 9 min
  • BOVESPA

    96.582,16
    +1.213,40 (+1,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    36.801,37
    -592,34 (-1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    36,29
    +0,12 (+0,33%)
     
  • OURO

    1.875,90
    +7,90 (+0,42%)
     
  • BTC-USD

    13.417,44
    -69,79 (-0,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    263,00
    +20,32 (+8,37%)
     
  • S&P500

    3.310,11
    +39,08 (+1,19%)
     
  • DOW JONES

    26.659,11
    +139,16 (+0,52%)
     
  • FTSE

    5.581,75
    -1,05 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    24.580,22
    -6,38 (-0,03%)
     
  • NIKKEI

    23.171,05
    -160,89 (-0,69%)
     
  • NASDAQ

    11.204,25
    -138,50 (-1,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7511
    +0,0055 (+0,08%)
     

Morre Quino, cartunista argentino criador de Mafalda, aos 88 anos

Lucas Carvalho
·1 minuto de leitura
Foto: by MIGUEL RIOPA/AFP via Getty Images
Foto: by MIGUEL RIOPA/AFP via Getty Images

Morreu nesta quarta-feira (30) o cartunista argentini Joaquín Salvador Lavado, conhecido mundialmente como Quino, criador da personagem de quadrinhos Mafalda. O falecimento foi confirmado por seu editor, Daniel Divinsky, através do Twitter. A causa da morte não foi confirmada.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Quino foi responsável pelos quadrinhos em língua espanhola mais traduzidos do mundo. Nascido em 1932, em Mendoza, na Argentina, e formado pela Escola de Belas Artes de Mendoza, o quadrinista trabalhou com desenhos animados para publicidade e tiras de jornais, onde sua obra mais famosa nasceu.

Leia também

A primeira tira da Mafalda foi publicada em setembro de 1964, no jornal argentino Primera Plana. Mas a personagem havia sido criada anos antes, em 1961, como parte de um trabalho de Quino para uma agência de publicidade que foi rejeitada.

A última tira com Mafalda e sua turma foi publicada em 1973, mas a personagem ganhou centenas de reimpressões e encadernados em mais de 30 línguas, virou desenho animado de TV e ganhou filmes de animação distribuídos mundo afora.

Segundo o jornal argentino Clarin, Quino foi vítima de um AVC (acidente vascular cerebral) nos últimos dias e não resistiu. Desde 2017, após a morte da esposa Alicia Colombo, ele morava na cidade natal de Mendoza.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Conheça o podcast de filmes e séries do Yahoo