Mercado fechado

Morre o bilionário David Koch, um dos 10 homens mais ricos do mundo

Foto: AP

Morreu nesta sexta-feira (23) o bilionário David Koch, herdeiro do conglomerado norte-americano Koch Industries. Com uma fortuna avaliada em US$ 58,7 bilhões, ele era considerado pela Bloomberg o oitavo homem mais rico do mundo.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

Koch faleceu aos 79 anos, depois de uma longa batalha contra o câncer, anunciou seu irmão, Charles. “Desejamos que todos celebrem a vida e o impacto deste homem tão generoso e amável”, disse.

Leia também

A família herdeira de Fred C. Koch é responsável por um conglomerado que controla empresas das mais diversas áreas da indústria, incluindo refinarias de petróleo, mineradoras, distribuidoras de produtos químicos, fibras e muito mais.

O patrimônio estimado do império Koch é de US$ 124,5 bilhões. Trata-se da terceira família mais rica do mundo e a segunda dos Estados Unidos, perdendo apenas para os Walton, herdeiros do fundador do Walmart.

David se afastou dos negócios no ano passado, deixando a vice-presidência da Koch Industries para Charles. Ambos exerciam grande influência nos bastidores da política republicana, com generosas doações para candidatos e causas que convergissem com suas posições econômicas conservadoras.

David era, porém, um social liberal partidário dos direitos do aborto e do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Também apoiava uma política externa não intervencionista.

Os dois foram reconhecidos em 2015 por seu trabalho bipartidarista na reforma da Justiça criminal nos Estados Unidos. Também é lembrado como um importante doador de organizações culturais e pesquisa médica.

David foi candidato à vice-presidência pelo Partido Libertário em 1980, mas, com o tempo, alinhou-se com as forças republicanas.

*Com informações da AFP