Mercado fechado

Morre meio-campista da Primeira Academia palmeirense aos 79 anos

LANCE!
·3 minutos de leitura


Faleceu na madrugada deste sábado (29), aos 79 anos, o ex-jogador José Roberto Pires, que defendeu o Palmeiras entre 1962 e 1965, na chamada Primeira Academia. A morte foi em decorrência de um tumor na vesícula e uma hérnia umbilical, que evoluiu para câncer no último mês. O clube prestou suas condolências nas redes sociais e com uma nota em seu site oficial (confira na íntegra abaixo).

- É com enorme tristeza que recebemos a notícia do falecimento de José Roberto Pires, meio-campista da Primeira Academia. Manifestamos as condolências aos amigos e familiares do ex-jogador e desejamos todo apoio neste momento – escreveu no Twitter.

Além do Palmeiras, José Roberto Pires passou por Internacional, XV de Piracicaba e Náutico. Ele deixa quatro filhas (Helaine, Ana Paula, Kelly Cristina e Katia Regina) e oito netos - uma das netas é Giovana Pires, eleita Miss Centenário do Verdão em 2014. Por morar na Austrália recentemente, não conseguiu se despedir do avô em meio à pandemia do coronavírus.

- Ele era a pessoa mais importante da minha vida e me ensinou o valor de ser palmeirense. Eu vivo na Austrália. Faço faculdade aqui. As fronteiras estão fechadas e eu não tenho como sair daqui e, por isso, não pude me despedir pessoalmente – disse ao site do clube.

Confira abaixo a nota completa de pesar:

O Palmeiras lamenta o falecimento do ex-jogador José Roberto Pires, que defendeu o Verdão entre 1962 e 1965, no time que ficou conhecido como a Primeira Academia. Pires tinha 79 anos e faleceu às 03h20 do sábado (29), no Hospital do Mandaqui, na Zona Norte de São Paulo, região onde residia.

Figura constante nas tradicionais festas de veteranos promovidas todos os anos pelo Palmeiras, o ex-meio-campista lutava contra um tumor na vesícula e uma hérnia umbilical. O tumor, há cerca de um mês, evoluiu para um câncer. Internado na última terça-feira (25), ele não resistiu e teve sua vida acometida pela doença.

Com passagens por outros clubes como S.C. Internacional, XV de Piracicaba e Náutico, o ex-jogador deixa quatro filhas (Helaine, Ana Paula, Kelly Cristina e Katia Regina) e oito netos (uma das netas é Giovana Pires, eleita Miss Centenário do Verdão em 2014).

“Ele era a pessoa mais importante da minha vida e me ensinou o valor de ser palmeirense”, declarou Giovana Pires. “Eu vivo na Austrália hoje em dia. Faço faculdade aqui. As fronteiras estão fechadas e eu não tenho como sair daqui e, por isso, não pude me despedir pessoalmente”, completou, abalada por morar em outro país e não poder ter se despedido de seu avô em meio à pandemia.

O corpo de Pires foi velado no sábado (29) no Velório Salete, localizado ao lado da Igreja Nossa Senhora Salete, Zona Norte da capital paulista, e será cremado neste domingo (30). Entretanto, não haverá cerimônia devido às medidas protetivas de distanciamento social da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

JOGOS PELO PALMEIRAS:
18/04/1962 – Nacional 1×0 Palmeiras
25/04/1962 – Ponte Preta 0x3 Palmeiras
30/05/1965 – Palmeiras 5×2 Atlético Vila Alpina
13/06/1965 – Ponte Preta 2×3 Palmeiras