Mercado abrirá em 2 h 29 min
  • BOVESPA

    120.294,68
    +997,55 (+0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.329,84
    +826,13 (+1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,71
    -0,44 (-0,70%)
     
  • OURO

    1.747,30
    +11,00 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    62.609,72
    -969,25 (-1,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.367,70
    -8,07 (-0,59%)
     
  • S&P500

    4.124,66
    -16,93 (-0,41%)
     
  • DOW JONES

    33.730,89
    +53,62 (+0,16%)
     
  • FTSE

    6.960,76
    +21,18 (+0,31%)
     
  • HANG SENG

    28.793,14
    -107,69 (-0,37%)
     
  • NIKKEI

    29.642,69
    +21,70 (+0,07%)
     
  • NASDAQ

    13.877,25
    +78,50 (+0,57%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7682
    -0,0047 (-0,07%)
     

Morre Lou Ottens, o pai da fita cassete

Wagner Wakka
·2 minuto de leitura

Lou Ottens é um dos nomes mais importantes quando se fala em mídias de armazenamento. O holandês foi o engenheiro que inventou a fita cassete — e que também trabalhou no advento no CD, anos depois. Ottens faleceu no último dia 10 de março, aos 94 anos, mas ainda não há informações sobre a causa de sua morte.

O engenheiro revolucionou a indústria fonográfica na década de 1960, ao lançar a fita cassete. Ottens liderou o time da Philips que desenvolveu o padrão que dominou a indústria até o lançamento do CD, duas décadas depois. Ele também participou do desenvolvimento desta segunda mídia.

A revolução estava no quão compacto o modelo era (para a época). Até então, era preciso usar discos de vinil para gravar e distribuir músicas. O cassete permitia gravar uma dezena de músicas usando apenas uma fita magnética em uma caixinha bem menor.

Isso não só facilitou a distribuição do produto, mas também diminuiu o tamanho dos aparelhos para ouvir música. Por exemplo, foi aí que nasceram os toca-fitas de carro, com uma pequena caixa no console do veículo.

Outro produto que só foi possível com a fita cassete foram os do tipo Walkman. Diferente do disco de vinil (e depois até para o CD), a mídia não exigia estabilidade para ser lida, já que cabeçotes liam a fita magnética estabilizada dentro do deck. Ou seja, uma pessoa poderia balançar o aparelho tranquilamente sem a música “pular”.

Segundo a BBC, Ottens foi responsável pela venda de 100 bilhões de fitas e depois 2,46 bilhões de CDs. O engenheiro aponta que a mídia só não fez mais sucesso por conta do surgimento do Napster nos anos 2000, com o início do compartilhamento de arquivos de áudio em formato MP3.

Em 2016, Ottens deu uma entrevista ao documentário Cassette: A Documentary Mixtape, disponível no Amazon Prime Vídeo (somente para usuários dos Estados Unidos). Foi a última vez que ele falou sobre sua invenção em público.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: