Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.557,67
    +698,80 (+0,65%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.918,28
    +312,72 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,69
    +2,20 (+3,17%)
     
  • OURO

    1.785,10
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    50.691,90
    +493,41 (+0,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.308,39
    -12,89 (-0,98%)
     
  • S&P500

    4.686,75
    +95,08 (+2,07%)
     
  • DOW JONES

    35.719,43
    +492,40 (+1,40%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    23.983,66
    +634,28 (+2,72%)
     
  • NIKKEI

    28.455,60
    +528,23 (+1,89%)
     
  • NASDAQ

    16.361,25
    +518,50 (+3,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3299
    -0,0937 (-1,46%)
     

Morre Letieres Leite, músico que acompanhou Ivete Sangalo, aos 61 anos

·1 min de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL 08.09.2019 Letieres Leite (músico). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, BRASIL 08.09.2019 Letieres Leite (músico). (Foto: Mathilde Missioneiro/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O maestro e compositor Letieres Leite morreu nesta quarta-feira (27) em Salvador, cidade em que nasceu e em que residia até hoje.

A informação foi confirmada por Mauro Rodrigues, produtor-executivo do Instituto Rumpilezz, que abrigava a orquestra conduzida pelo maestro desde 2006. Chamada de Orkestra Rumpilezz, ela dava roupagem nova à música ancestral baiana, mesclando os ritmos sacros do candomblé, a percussão de grandes grupos como o Olodum e o jazz.

Leite tinha 61 anos. Até o momento de publicação desta reportagem, não foi possível confirmar a causa de sua morte, bem como o lugar onde será sepultado.

O artista trabalhou com grandes nomes da música baiana, como Ivete Sangalo --que acompanhou por mais de 12 anos--, trabalhando nos arranjos de sucessos como "Festa" e "Abalou".

Mais recentemente, colaborou também com Maria Bethânia. A parceria começou no show "Claros Breus", que passou pela capital paulistana em 2019 e no qual Leite assinou a direção musical, e culminou em alguns arranjos do disco "Noturno", lançado em julho deste ano.

Nas redes sociais, artistas como a cantora Daniela Mercury, o compositor Pedro Luis e o rapper Emicida lamentaram a morte de Leite. "Meu peito está em frangalhos. Olhos cheios de água e uma saudade que a partir de agora, só aumenta. Obrigado por todas as aulas mestre. Não estou acreditando", escreveu o último.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos