Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.113,93
    +412,93 (+0,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.726,98
    +212,88 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,07
    -0,06 (-0,10%)
     
  • OURO

    1.777,30
    -2,90 (-0,16%)
     
  • BTC-USD

    56.295,59
    -5.098,60 (-8,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,97
    +7,26 (+0,52%)
     
  • S&P500

    4.185,47
    +15,05 (+0,36%)
     
  • DOW JONES

    34.200,67
    +164,67 (+0,48%)
     
  • FTSE

    7.019,53
    +36,03 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.969,71
    +176,61 (+0,61%)
     
  • NIKKEI

    29.683,37
    +40,67 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    14.024,00
    -5,50 (-0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6842
    -0,0369 (-0,55%)
     

Morre Gilmar Fubá, volante campeão brasileiro e mundial pelo Corinthians, aos 45 anos

·2 minuto de leitura
Morre Gilmar Fubá, aos 45 anos - Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Morre Gilmar Fubá, aos 45 anos - Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Faleceu aos 45 anos Gilmar Fubá, ídolo do Corinthians, nesta terça-feira (15). O ex-volante combatia um câncer desde 2017. A informação foi confirmada pelo médico Joaquim Grava ao portal "Meu Timão".

Fubá foi revelado no Corinthians e fez parte de campanhas históricas do clube. Ele foi campeão brasilleiro (1998 e 1999) e mundial (2000) pelo Alvinegro.

Leia também:

O ex-jogador foi diagnosticado com linfoma, que é um câncer com origem no sistema linfático, em 2017. O Corinthians acompanhava o tratamento do ex-atleta e já havia até celebrado boas notícias sobre o curso de sua recuperação.

Gilmar Fubá nasceu em São Mateus, bairro da Zona Leste de São Paulo. Ele vestiu a camiseta do Corinthians em 131 jogos oficiais entre 1996 e 2000, com quatro gols anotados. Além do bicampeonato brasileiro e do Mundial, Fubá conquistou o título Paulista de 1997.

Em suas redes sociais, o Corinthians lamentou o falecimento do ex-jogador.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Duílio Monteiro Alves, presidente do alvinegro, prestou homenagem ao jogador e o classificou como a "cara do Corinthians".

"A perda do Gilmar Fubá é uma grande dor para toda a Fiel. Ele era a cara do Corinthians, sempre com alma e carisma. Participou de grandes conquistas do clube: campeão paulista, 2 brasileiros e Mundial. Partiu cedo demais. Meus sentimentos a todos", escreveu.

Além do Corinthians, o ex-volante defendeu o Fluminense, Schalke 04 (Alemanha), Ulsan Hyundai (Coreia do Sul), entre outras equipes.