Mercado abrirá em 3 h 19 min
  • BOVESPA

    120.705,91
    +995,88 (+0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.829,31
    +80,90 (+0,17%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,47
    +0,65 (+1,02%)
     
  • OURO

    1.833,90
    +9,90 (+0,54%)
     
  • BTC-USD

    50.697,61
    +1.041,23 (+2,10%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.402,66
    +14,75 (+1,06%)
     
  • S&P500

    4.112,50
    +49,46 (+1,22%)
     
  • DOW JONES

    34.021,45
    +433,79 (+1,29%)
     
  • FTSE

    7.007,66
    +44,33 (+0,64%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.250,50
    +150,25 (+1,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4254
    +0,0129 (+0,20%)
     

Morre ex-assessor artístico de Ney Matogrosso e família Camargo, vítima da Covid-19

Extra
·1 minuto de leitura

Morreu nesta quinta-feira, dia 22, aos 68 anos, o ator e locutor Aguiberto Santos, em decorrência de complicações da Covid-19. Assessor artístico de Ney Matogrosso, Zezé de Camargo & Luciano e Wanessa Camargo, ele estava internado em um hospital da Grande São Paulo. Aguiberto trabalhou com a família Camargo por mais de 20 anos, e foi homenageado por eles em publicações nas redes sociais.

"Você foi e continuará sendo tudo pra mim. Impossível descrever em palavras. Te amo muito! Descanse em paz! #Luto", escreveu Wanessa em uma postagem em seu perfil do Instagram.

"Não faz muito tempo a gente estava conversando... Ele falando dos planos dele, eu contando do meu projeto. Mas hoje recebi a notícia que nunca queria ter recebido. Meu amigo, meu primeiro e melhor secretário, você que sempre teve as palavras sensatas em muitos momentos insensatos meus. Meu amigo, agora com a sua partida, ficarão as lembranças. E que bom que, entre a gente, só tivemos momentos bons. Descanse em paz, meu querido Aguiberto", publicou Luciano.

Em 2014, Aguiberto decidiu abandonar a carreira como assessor para se dedicar exclusivamente a atuação, área que já era formado há mais de 55 anos. O baiano, que também trabalhou com Elis Regina e Vanderléia, contava com mais de 20 peças teatrais em seu currículo.