Mercado fechado
  • BOVESPA

    119.371,48
    -690,52 (-0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.092,31
    +224,69 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,83
    +0,40 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.783,80
    +1,80 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    51.762,27
    -2.332,17 (-4,31%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.194,54
    -48,51 (-3,90%)
     
  • S&P500

    4.134,98
    -38,44 (-0,92%)
     
  • DOW JONES

    33.815,90
    -321,41 (-0,94%)
     
  • FTSE

    6.938,24
    +42,95 (+0,62%)
     
  • HANG SENG

    28.755,34
    +133,42 (+0,47%)
     
  • NIKKEI

    29.188,17
    +679,62 (+2,38%)
     
  • NASDAQ

    13.755,50
    +5,25 (+0,04%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5430
    +0,0014 (+0,02%)
     

Morre em acidente de helicóptero Olivier Dassault, herdeiro do grupo Dassault Aviation

·1 minuto de leitura
Olivier Dassault, um dos herdeiros do grupo de aviação Dassault

Olivier Dassault, um dos herdeiros do grupo de aviação Dassault - produtor das aeronaves Falcon, Mirage e Rafale - morreu neste domingo (7) em acidente no seu helicóptero perto de Deauville, na França.

O presidente francês Emmanuel Macron afirmou que Dassault, parlamentar pelo Partido Republicano (LR, direita), de 69 anos, "amava a França" e nunca "parou de servir ao seu país".

Segundo fontes próximas à investigação, o piloto da aeronave também morreu no acidente, que aconteceu em Touques, perto de Deauville, na costa da Normandia. Não havia mais passageiros a bordo.

O Escritório de Pesquisa e Análise de Segurança da Aviação Civil informou em um tweet que a aeronave caiu "enquanto decolava" em um terreno privado.

Olivier, classificado como 361º na lista de fortunas mundiais em 2020, era neto do fundador da dinastia Marcel Dassault, e filho de Serge, o ex-chefe da aviação Dassault, que morreu em 2018. Ele tinha dois irmãos e uma irmã, com quem dividia a mesma fortuna.

Após a morte de seu avô, Marcel Dassault, em 1986, seu pai o nomeou diretor adjunto do Europe Falcon Service e diretor de estratégia da Dassault Aviation.

Em 2011, ele foi nomeado presidente do conselho de vigilância do grupo Dassault, o que o coloca em uma boa posição para um dia chefiar a empresa da família Dassault.

Mas sete anos depois, antes da morte de seu pai, ele anunciou à AFP sua decisão de renunciar ao cargo de presidente do conselho fiscal por "incompatibilidade com seu mandato de deputado".

Olivier Dassault era deputado desde 2002 e pai de três filhos.

sm-bma-jk/cal/lpt/ial/eg/mis/bn