Mercado fechado

Morre aos 78 anos Raymundo Magliano Filho, ex-presidente da Bolsa

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ex-presidente da Bolsa de Valores, Raymundo Magliano Filho, morreu nesta segunda-feira (11), aos 78 anos. Magliano Filho estava internado há 50 dias no hospital Albert Eisten. Ele sofria de asma e teve Covid-19. Considerado um dos responsáveis pela popularização da Bolsa de Valores, Magliano foi presidente da Bovespa entre 2001 e 2008 -ano da fusão com a BM&F (Bolsa de Mercadorias & Futuros), dando origem à nova Bolsa. Magliano Filho também esteve à frente da Magliano Investe, a primeira corretora de valores registrada no Bovespa, fundada por seu pai no fim da década de 1920.