Mercado abrirá em 1 h 57 min
  • BOVESPA

    100.774,57
    -1.140,88 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.007,16
    +308,44 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,11
    +1,54 (+2,35%)
     
  • OURO

    1.771,80
    -12,50 (-0,70%)
     
  • BTC-USD

    56.699,95
    -489,84 (-0,86%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.446,35
    -22,73 (-1,55%)
     
  • S&P500

    4.513,04
    -53,96 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,04
    -461,68 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.118,99
    -49,69 (-0,69%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.939,75
    +70,00 (+0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4085
    -0,0383 (-0,59%)
     

Moro se filia ao Podemos com discurso de candidato à Presidência

·3 min de leitura

(Bloomberg) -- Sergio Moro, o ex-juiz que ficou famoso por liderar a Lava Jato e colocar membros da elite brasileira na prisão, entrou oficialmente na arena política com a filiação ao Podemos um ano antes da eleição presidencial de 2022.

Most Read from Bloomberg

“O país está no caminho errado”, disse Moro em discurso na manhã de quarta-feira em Brasília. Ele falou sobre o alto índice de desemprego, de como a luta contra a corrupção perdeu força nos últimos anos, além do aumento da inflação e dos juros.

Embora ainda não seja oficialmente candidato, a notícia de sua filiação começa a lançar as bases para uma reviravolta na cena local: o mesmo juiz que enviou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a prisão, pode agora enfrentá-lo nas urnas.

Se concorrer, Moro, 49, também enfrentará o presidente Jair Bolsonaro, a quem ele serviu como ministro da Justiça antes de renunciar em abril de 2020, alegando que Bolsonaro havia interferido nas investigações da Polícia Federal para proteger familiares -- algo negado por Bolsonaro.

O foco de Moro provavelmente serão os eleitores que buscam por uma solução intermediária entre Lula, à esquerda, e Bolsonaro, à direita, um espaço político apelidado de “terceira via”. Mais de uma dezena de políticos já disputa o voto de centro, incluindo os governadores de São Paulo, João Doria, e Rio Grande do Sul, Eduardo leite.

Millennial e LGBTQ, Leite luta para ser opção a Lula e Bolsonaro

Colega de Moro no governo Bolsonaro, o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, também tenta se viabilizar como candidato e participou da cerimônia desta manhã.

Ele posou para fotos com Moro e disse que agora os partidos da dita terceira via verão quem se torna o melhor candidato para que possam se unir em torno de uma única candidatura.

“O espírito é de não fragmentar, não pulverizar candidaturas”, disse Mandetta a jornalistas.

Nas pesquisas eleitorais mais recentes, Moro tem menos de 10% dos votos, com Lula liderando sobre todos os outros candidatos até agora, seguido por Bolsonaro.

Defesa das reformas

O ex-juiz é visto por muitos brasileiros como o principal agente na luta contra corrupção no país e pode herdar eleitores desiludidos do Bolsonaro. Mas seu histórico registra reveses: este ano o Supremo Tribunal Federal declarou Moro suspeito no processo contra Lula, que em 2019 foi libertado da prisão mediante recurso.

Em seu discurso, Moro destacou o combate à corrupção e criticou as administrações Lula e Bolsonaro.

Superficialmente, abordou temas como economia --defendeu reforma tributária, privatização de estatais e a procura por mercados externos--, meio ambiente e diversidade. Sem entrar em detalhes, disse que sua prioridade seria a erradicação da pobreza através de uma “força-tarefa”.

“Nesse país que compartilhamos, o nosso senso de comunidade impede que adotemos um capitalismo cego, sem solidariedade ou compaixão. O nosso senso de justiça, os nossos valores cristãos e que são compartilhados pelas outras religiões, exigem que as grandes desigualdades econômicas sejam superadas”, afirmou Moro.

Most Read from Bloomberg Businessweek

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos