Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.816,90
    -18,90 (-1,03%)
     
  • BTC-USD

    41.712,77
    +2.922,18 (+7,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Morgan Stanley confirma posse de 28.000 cotas de fundo de Bitcoin

·2 minuto de leitura

O banco de investimentos de Wall Street, Morgan Stanley, detém uma grande quantia de ativos relacionados ao Bitcoin (BTC), de acordo com um documento enviado à SEC dos EUA.

Os ativos foram revelados em um relatório mensal de investimentos de portfólio arquivado na Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC).

O relatório detalha os investimentos do Morgan Stanley, sendo um deles o Bitcoin Trust, da Grayscale. O banco detém 28.289 cotas do fundo, estimado em mais de US$ 1,23 milhão no momento adquirido, mas o valor já caiu junto com o preço da criptomoeda para um pouco mais de US$ 800.000.

O gigante bancário tem apostado muito no Bitcoin em 2021. Em janeiro, o Morgan Stanley comprou uma participação de 10,9% da MicroStrategy, empresa de inteligência de negócios que tem acumulado uma grande quantia de BTC.

Em fevereiro, foi noticiado que o braço de investimentos do banco americano estava considerando adicionar a criptomoeda à sua lista de hedge. A mudança ocorreu após a grande compra de Bitcoin, de US$ 1,5 bilhão, feita pela Tesla.

Mais recentemente, o Morgan Stanley fez outro movimento no mercado cripto, investindo US$ 48 milhões na inicialização blockchain da Securitize, em 21 de junho.

Grayscale detém mais de 3% do Bitcoin

grayscale
grayscale

O ímpeto institucional tem sido o principal impulsor da alta vista no mercado cripto em 2021. Mas há sinais de que a demanda está começando a desacelerar à medida que os números dos ativos sob gestão estão caindo e o fluxo de saída aumentando.

A Grayscale é a maior gestora de criptoativos institucional, com um total de US$ 30 bilhões sob gestão, de acordo com seu relatório de segunda-feira (28).

A empresa detém 654.600 unidades de BTC, o que equivale a 3,1% da oferta máxima da criptomoeda. Seu fundo de BTC possui 74% de todo o portfólio de fundos cripto do mundo e está avaliado em US$ 22,8 bilhões. A MicroStrategy, em comparação, detém 105.085 BTC, cerca de 0,5% da oferta total do ativo.

Desaceleração institucional

A CoinShares relatou que houve uma saída maciça de fundos institucionais de produtos Bitcoin nas últimas seis semanas. No entanto, sua última atualização revelou que eles caíram apenas US$ 1,3 milhão na última semana. Isso representa uma queda no ritmo de perdas em relação aos impressionantes US$ 89 milhões da semana anterior.

A Grayscale ainda registrou entradas de US$ 1,3 milhão no BTC na última semana em meio a confusão entre investidores sobre a direção do ativo. Até o momento, a moeda estava sendo negociada em alta de 2% no dia, a US$ 35.180, de acordo com o CoinGecko. A resistência psicológica de US$ 40.000 é a próxima zona que deve ser rompida para o ativo voltar a subir.

O artigo Morgan Stanley confirma posse de 28.000 cotas de fundo de Bitcoin foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos