Mercado fechará em 2 h 4 min

Morgan Stanley avisa que otimistas do S&P 500 se precipitam

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Bloomberg) -- A recuperação do mercado de ações americano em julho encorajou os otimistas que esperam que os preços desafiem o peso da luta do Federal Reserve contra a inflação.

Mas não se engane, diz Lisa Shalett da Morgan Stanley Wealth Management: Ainda é cedo para comemorar.

O ganho de quase 5% do índice S&P 500 este mês foi apoiado pela especulação de que a inflação atingiu seu pico e o mercado de trabalho está esfriando. Se assim for, segundo essa visão, o Fed poderia ter espaço até para começar a cortar as taxas de juros no início do próximo ano.

Mas Shalett, diretora de investimentos da divisão de gestão de patrimônio do banco, disse que “embora essa teoria possa estar na direção certa, a precificação do mercado de ações parece prematura”.

No passado, disse ela em nota aos clientes, o Fed não parou de apertar a política monetária até que uma medida-chave de inflação - o núcleo do índice de gastos com consumo pessoal - esteja abaixo de sua taxa básica de juros.

Isso está longe de ser o caso agora. Mesmo que o Fed aumente sua taxa básica para 2,5% na quarta-feira, como esperado, ela ainda estaria significativamente abaixo da taxa de inflação. Esse índice, que exclui a volatilidade dos preços de alimentos e energia, estava em 4,7% em maio.

“O último rali do mercado de baixa, em nossa opinião, está cheio de visões esperançosas”, disse. “Nós nos preocupamos que os investidores em renda variável estejam confundindo um pico na aceleração da política do Fed com o fim do aperto do Fed. A história sugere que a inflação precisa atingir o pico antes que o Fed pare de apertar, mas isso não é tudo.”

Há outras razões para não pensar que o Fed irá se apressar em se retirar. Uma vez que outro indicador de inflação, o índice de preços ao consumidor, subiu 9,1% em junho em relação ao ano anterior, seriam necessárias taxas de 0% mês contra mês ou até mesmo deflação total para colocá-lo abaixo do nível de 5% no qual o Fed poderia “declarar vitória”.

Além disso, é improvável que o aumento modesto nos pedidos de seguro-desemprego a partir de níveis historicamente baixos seja “suficiente para permitir que o Fed declare a missão cumprida e que o mercado de ações em baixa acabou”, disse ela.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2022 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos