Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,09
    -0,21 (-0,29%)
     
  • OURO

    1.749,50
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    44.549,21
    +961,18 (+2,21%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.114,54
    +5,62 (+0,51%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.078,35
    -5,02 (-0,07%)
     
  • HANG SENG

    24.484,86
    -26,12 (-0,11%)
     
  • NIKKEI

    30.147,79
    +508,39 (+1,72%)
     
  • NASDAQ

    15.293,75
    -9,75 (-0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2244
    -0,0006 (-0,01%)
     

Moody's eleva rating da CSN, cita redução de dívida e forte demanda por aço

·1 minuto de leitura

Por Aluisio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - A agência de classificação de risco de crédito Moody's elevou nesta sexta-feira o rating da siderúrgica CSN, de Ba3 para Ba2, citando a melhora no perfil de liquidez e alavancagem da empresa nos últimos meses.

Entre os motivos para a decisão, a Moody's citou a posição de caixa da CSN de 22,2 bilhões de reais no fim de junho, valor que sobe a 25,3 bilhões se incluir as ações que detém da Usiminas. A agência também mencionou no relatório as iniciativas da CSN para aumentar a liquidez financeira, incluindo a oferta inicial de ações (IPO) de 4 bilhões de reais da subsidiária CSN Mineração.

"O cronograma de amortização da dívida da CSN também melhorou substancialmente com iniciativas de gestão de passivos que reduziram os custos da dívida e aumentaram o prazo da dívida", frisou a Moody's.

A agência previu ainda que as operações de minério de ferro da empresa seguirão fortes com base em preços ainda altos até 2022, volumes de vendas relativamente estáveis ​​e uma taxa de câmbio favorável para exportações, enquanto o negócio de aço se beneficiará de níveis de preços mais altos do que históricos, demanda firme no Brasil e maior lucratividade após investimentos feitos pela CSN em um alto-forno para melhorar a eficiência.

A perspectiva estável reflete a expectativa da Moody's de que as operações da empresa continuarão a ter um bom desempenho nos próximos 12 a 18 meses.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos