Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.296,18
    -1.438,83 (-1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.889,66
    -130,39 (-0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,98
    +1,48 (+1,79%)
     
  • OURO

    1.793,10
    +11,20 (+0,63%)
     
  • BTC-USD

    61.100,13
    +313,78 (+0,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,34
    -49,69 (-3,31%)
     
  • S&P500

    4.544,90
    -4,88 (-0,11%)
     
  • DOW JONES

    35.677,02
    +73,94 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.324,00
    -154,75 (-1,00%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5808
    -0,0002 (-0,00%)
     

Moody’s acelera os compromissos de redução de emissões para 2040 e é reconhecida como uma empresa LEAD do Pacto Global da ONU

·8 minuto de leitura

NOVA YORK, September 20, 2021--(BUSINESS WIRE)--A Moody’s Corporation (NYSE: MCO) anunciou hoje seu compromisso de net zero em suas operações e cadeia de valor até 2040, antecipando sua meta original em 10 anos. A nova data de compromisso está alinhada com o Plano de Descarbonização publicado pela Moody’s e coincide com o seu reconhecimento como uma empresa LEAD do Pacto Global 2021 por seu compromisso contínuo com o Pacto Global das Nações Unidas e seus 10 Princípios para negócios responsáveis.

"A economia mundial está se realinhando fundamentalmente devido ao risco climático e essa transformação afetará a todos", disse Rob Fauber, presidente e CEO da Moody’s Corporation. "Dada a urgência da necessidade de adaptação, estamos acelerando a meta de ‘net zero’ da Moody’s e continuamos somando o risco climático e a sustentabilidade em tudo o que fazemos."

Ao acelerar seu objetivo de redução de emissões, a Moody’s demonstra seu compromisso contínuo com o avanço da sustentabilidade. Além dessa nova ambição, a empresa estabeleceu e progrediu em metas validadas e provisórias de "net zero" com base científica para reduzir as emissões de gases de efeito estufa em suas operações e cadeia de valor. O progresso pode ser visto no recente Relatório da TCFD e no Relatório de Sustentabilidade das Partes Interessadas da Moody’s. Essas metas incluem:

» Redução de 50% das emissões dos Escopos 1 e 2 de suas operações até 2030;
» Redução de 15% nas emissões do Escopo 3 de combustível e atividades relacionadas à energia, viagens de negócios e deslocamento de funcionários até 2025; e
» 60% dos fornecedores da Moody’s, com os gastos em bens e serviços adquiridos e bens de capital, terão metas com base científica até 2025.

O Moody’s Climate e outros compromissos de sustentabilidade contribuíram para seu reconhecimento como uma empresa LEAD pelo Pacto Global da ONU. Como uma empresa LEAD, a Moody’s foi identificada como uma das participantes mais engajadas na maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo. Além de seus compromissos corporativos, as ofertas de produtos da Moody’s ajudam os participantes do mercado a avaliar e integrar as considerações de risco ambiental, social e de governança em sua alocação de capital e planejamento de resiliência de longo prazo.

Saiba mais sobre os esforços e reconhecimento da Moody’s em relação ao clima em seu site de Sustentabilidade.

SOBRE A MOODY’S CORPORATION

A Moody’s (NYSE: MCO) é uma empresa mundial integrada de avaliação de risco que capacita as organizações a tomar melhores decisões. Seus dados, soluções analíticas e percepções ajudam os tomadores de decisão a identificar oportunidades e administrar os riscos de fazer negócios com outras pessoas. Acreditamos que maior transparência, decisões mais informadas e acesso justo às informações abrem a porta para o progresso compartilhado. Com mais de 11,5 mil funcionários em mais de 40 países, a Moody’s combina presença internacional com expertise local e mais de um século de experiência em mercados financeiros. Saiba mais em moodys.com/about.

DECLARAÇÃO DE ISENÇÃO DE RESPONSABILIDADE DE ACORDO COM A LEI DE REFORMA DE LITÍGIOS SOBRE TÍTULOS PARTICULARES (PRIVATE SECURITIES LITIGATION REFORM ACT) DOS ESTADOS UNIDOS DE 1995

Certas declarações contidas neste comunicado são declarações prospectivas e se baseiam em expectativas, planos e perspectivas futuras para os negócios e operações da Moody’s Corporation (a "Empresa") que envolvem uma série de riscos e incertezas. Essas declarações podem incluir, entre outras palavras, "acredita", "espera", "antecipa", "pretende", "planeja", "irá", "prevê", "potencial", "continua", "estratégia", "aspirar", "almejar", "prever", "projetar", "estimar", "deveria", "poderia", "pode" e expressões ou palavras semelhantes e variações das mesmas que transmitem a natureza prospectiva de acontecimentos ou resultados geralmente indicativos de declarações prospectivas. Os acionistas e investidores são advertidos a não depositar confiança indevida nestas declarações prospectivas. As declarações prospectivas e outras informações neste comunicado são feitas a partir da data deste documento e a Empresa não assume nenhuma obrigação (nem pretende) de complementar, atualizar ou revisar publicamente tais declarações no futuro, seja como resultado de desenvolvimentos subsequentes, expectativas alteradas ou de outra forma, exceto conforme exigido pela legislação ou regulamentação aplicável. Em conexão com as disposições de "isenção de responsabilidade" da Lei de Reforma de Litígios sobre Títulos Particulares (Private Securities Litigation Reform Act) dos Estados Unidos de 1995, a Empresa está identificando exemplos de fatores, riscos e incertezas que poderiam causar resultados reais diferentes, talvez materialmente, daqueles indicados por estas declarações prospectivas. Esses fatores, riscos e incertezas incluem, mas não estão limitados a, o impacto da COVID-19 na volatilidade nos mercados financeiros dos EUA e mundiais, nas condições econômicas gerais e no PIB nos EUA e no mundo todo, e nas próprias operações e funcionários da empresa. Muitos outros fatores podem fazer com que os resultados reais sejam diferentes das perspectivas da Moody’s, incluindo interrupções no mercado de crédito ou desaceleração econômica, o que poderia afetar o volume de dívida e outros títulos emitidos nos mercados de capitais domésticos e/ou globais; outros assuntos que poderiam afetar o volume de dívida e outros títulos emitidos nos mercados de capitais domésticos e/ou globais, incluindo regulação, problemas com a qualidade creditícia, mudanças nas taxas de juros e outras volatilidades nos mercados financeiros, como no caso do Brexit e a incerteza com a transição das empresas da LIBOR; o nível de atividade de fusões e aquisições nos EUA e no exterior; a eficácia incerta e possíveis consequências colaterais das ações dos EUA e de governos estrangeiros que afetam os mercados de crédito, o comércio internacional e a política econômica, incluindo aquelas relacionadas a tarifas, acordos fiscais e barreiras comerciais; preocupações no mercado que afetam nossa credibilidade ou que afetam a percepção do mercado quanto à integridade ou utilidade das classificações das agências de crédito independentes; a introdução de produtos ou tecnologias concorrentes por outras empresas; pressão de preços de concorrentes e/ou clientes; o nível de sucesso do desenvolvimento de novos produtos e a expansão global; o impacto da regulamentação como uma NRSRO, o potencial para novas leis e regulamentos estaduais e locais dos EUA, incluindo disposições da Lei de Reforma Financeira e regulamentações resultantes dessa lei; o potencial para uma maior concorrência e regulação na UE e em outras jurisdições estrangeiras; exposição a litígios relacionados às opiniões de classificação do Serviço de Investidores da Moody’s, bem como quaisquer outros litígios, procedimentos governamentais e regulatórios, investigações e consultas às quais a Empresa possa estar sujeita de maneira periódica; disposições da legislação da Lei de Reforma Financeira que modificam as normas de defesa e regulamentos da UE que modificam as normas de responsabilidade aplicáveis às agências de qualificação de crédito de forma adversa às agências de qualificação de crédito; as disposições dos regulamentos da UE que impõem requisitos processuais e substantivos adicionais à fixação de preços dos serviços e à expansão das competências de supervisão para incluir as qualificações não pertencentes à UE utilizadas para fins regulamentares; a possível perda de funcionários-chave; falhas ou mau funcionamento de nossas operações e infraestrutura; quaisquer vulnerabilidades a ameaças cibernéticas ou outras preocupações de segurança cibernética; o resultado de qualquer revisão pelo controle das autoridades fiscais das iniciativas globais de planejamento tributário da Empresa; exposição a possíveis sanções criminais ou recursos civis se a Empresa não cumprir as leis e regulamentos estrangeiros e norte-americanos aplicáveis nas jurisdições em que a Empresa opera, incluindo leis de proteção de dados e privacidade, leis de sanções, leis anticorrupção e leis locais que proíbem pagamentos corruptos a funcionários do governo; o impacto de fusões, aquisições ou outras combinações de negócios e a capacidade da Empresa de integrar com sucesso os negócios adquiridos; a volatilidade cambial; o nível de fluxos de caixa futuros; os níveis de investimentos de capital; e um declínio na demanda por ferramentas de gerenciamento de risco de crédito pelas instituições financeiras. Esses fatores, riscos e incertezas, bem como outros riscos e incertezas que podem fazer com que os resultados reais da Moody’s sejam substancialmente diferentes daqueles contemplados, expressos, projetados, previstos ou implícitos nas declarações prospectivas são atualmente, ou no futuro podem ser, amplificados pelo surto da COVID-19, descritos em maiores detalhes em "Fatores de Risco", na Parte I, Item 1A do relatório anual da Empresa no Formulário 10-K para o ano terminado em 31 de dezembro de 2020 e em outros registros feitos pela Empresa de maneira periódica com a SEC ou em materiais aqui incorporados ou no documento em questão. Os acionistas e investidores são advertidos de que a ocorrência de qualquer um desses fatores, riscos e incertezas pode fazer com que os resultados reais da Empresa sejam substancialmente diferentes daqueles contemplados, expressos, projetados, previstos ou implícitos nas declarações prospectivas, o que poderia ter um impacto material e efeito adverso nos negócios, resultados operacionais e situação financeira da Empresa. Novos fatores podem surgir de tempos em tempos, e não é possível para a Empresa prever novos fatores, nem a Empresa pode avaliar o efeito potencial de quaisquer novos fatores sobre o mesmo.

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Ver a versão original em businesswire.com: https://www.businesswire.com/news/home/20210920005817/pt/

Contacts

SHIVANI KAK
Relações com Investidores
212.553.0298
Shivani.Kak@moodys.com

MICHAEL ADLER
Comunicações Corporativas
212.553.4667
Michael.Adler@moodys.com

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos