Mercado abrirá em 5 h 5 min

Montadoras e bancos puxam mercados para baixo; Londres tem desempenho melhor

Por Susan Mathew

Por Susan Mathew

(Reuters) - Os mercados de ações da Europa fecharam em queda nesta segunda-feira, com montadoras afetadas por previsões de vendas chinesas, enquanto a bolsa de Londres teve um desempenho superior depois de dados econômicos fracos aumentarem expectativas de corte de juros pelo Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês).

Os papéis do setor automotivo quebraram uma série de quatro dias de alta e caíram 0,9%. A Renault liderou as quedas, atingindo uma mínima em seis anos, com investidores temendo que a aliança de 20 anos com a Nissan possa entrar em colapso sem Carlos Ghosn.

A Associação Chinesa de Fabricantes de Automóveis reiterou anteriormente que as vendas de automóveis provavelmente encolherão pelo terceiro ano consecutivo em 2020, prejudicando as perspectivas para as montadoras europeias em um de seus mercados mais importantes.

"Acreditamos que o setor automotivo continuará sendo um empecilho para o futuro próximo, mas vemos sinais hesitantes de (demanda da China), se não estão melhorando, pelo menos estão dando uma pausa na piora", disse Andrea Cicione, chefe de estratégia da TS Lombard.

Depois de terminar na semana passada em alta de 0,2%, o índice europeu de referência STOXX 600 fechou em queda de 0,2%, estendendo as perdas pela segunda sessão, apesar da recuperação nos mercados globais.

O índice está 0,3% abaixo de máximas recordes na semana passada, quando o sentimento foi melhorado pela redução das tensões entre Washington e Teerã e pela perspectiva de Estados Unidos e China assinarem a fase 1 de um acordo comercial nesta semana.

O índice FTSEurofirst 300 fechou em queda de 0,18%, a 1.635 pontos.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,39%, a 7.617 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,24%, a 13.451 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,02%, a 6.036 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,52%, a 23.896 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou baixa de 0,31%, a 9.543 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,04%, a 5.260 pontos.