Mercado abrirá em 6 h 46 min
  • BOVESPA

    112.282,28
    +2.032,55 (+1,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.338,34
    +510,21 (+1,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,39
    +0,16 (+0,22%)
     
  • OURO

    1.764,40
    -14,40 (-0,81%)
     
  • BTC-USD

    43.960,56
    +2.015,66 (+4,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.106,06
    +65,58 (+6,30%)
     
  • S&P500

    4.395,64
    +41,45 (+0,95%)
     
  • DOW JONES

    34.258,32
    +338,48 (+1,00%)
     
  • FTSE

    7.083,37
    +102,39 (+1,47%)
     
  • HANG SENG

    24.458,97
    +237,43 (+0,98%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    15.193,00
    +29,50 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2168
    +0,0080 (+0,13%)
     

Montadoras aceitam sacas de soja e milho como pagamento por veículos

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Sacas de milho e soja agora são moeda para a compra de carros. A Toyota anunciou nesta quarta-feira (4) o canal de vendas diretas Toyota Barter, que vai aceitar sacas dos grãos como pagamento pelos utilitários SW4 e Corolla Cross, além da picape Hilux.

O termo barter é de uso tradicional no agronegócio e significa transações baseadas na troca de mercadorias, sem intermediação monetária.

O programa já funciona em concessionárias da Bahia, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, Piauí e Tocantins. Segundo a empresa, há estudos para expandi-lo para outros estados, incluindo São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul.

Para conseguirem comprar os carros, os agricultores precisarão apresentar certificações ambientais de produção rural.

De acordo com a montadora japonesa, o canal existia como projeto piloto desde 2019, mas agora foi lançado oficialmente. O setor do agronegócio responde por 16% das vendas diretas da marca.

O grupo Stellantis, que abrange as marcas Fiat, Jeep e Ram, tem desde maio uma linha de vendas do tipo barter em fase piloto, pensado para abranger 1.200 produtores de soja nos estados de Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Bahia, Paraná e Pará.

Da Fiat, podem ser comprados o furgão Fiorino e as picapes Toro e Strada. Já a Jeep permite a compra dos utilitários Renegade, Compass, Wrangler e Grand Cherokee -os dois últimos são importados.

A Ram disponibiliza as picapes 1500 e 2500.

"A modalidade da operação barter trade será uma maneira ágil para fomentar negócios com produtores rurais, uma vez que utilizará uma modalidade de pagamento com a qual eles já estão familiarizados. É um modelo de negócio que oferece segurança e previsibilidade aos produtores", afirmou Fabio Meira, diretor de vendas diretas da Stellantis, no lançamento da iniciativa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos