Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,32 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,82 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,88
    -2,46 (-2,61%)
     
  • OURO

    1.818,90
    +11,70 (+0,65%)
     
  • BTC-USD

    24.614,03
    -179,63 (-0,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,38 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,19 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,65 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.580,00
    +268,75 (+2,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2024
    -0,1213 (-2,28%)
     

Montadora diz que telas multimídias em automóveis são uma 'ideia estúpida'

As telas são cada vez mais procuradas pelos consumidores (Getty Image)
As telas são cada vez mais procuradas pelos consumidores (Getty Image)
  • Chefe de design de marca de luxo é contra as telas tradicionais em veículos

  • Profissional diz que recurso exposto no carro "não é sexy"

  • Marca estuda maneiras de oferecer recursos multimídia de maneira mais atraente

Cada vez mais montadoras estão investindo em recursos para aumentar a competitividade dos modelos de carros. São painéis coloridos, sons tecnológicos e telas multimídias. Essa é uma demanda cada vez mais procurada pelos consumidores que consideram recursos tecnológicos indispensáveis para o veículo.

Mesmo assim, tem gente que não concorda com essa premissa. Esse é o caso de Thierry Métroz, chefe de design da luxuosa DS Automobiles. Para ele, as telas multimídias não estão sendo usadas corretamente dentro de veículos.

Métroz acredita que esse recurso é algo estúpido. Por isso, está trabalhando com a fabricante em uma alternativa que possa deixar os carros mais atraentes.

"Quando você desliga a tela, você fica com uma superfície preta retangular com todas as impressões digitais. Não é muito sexy. Não é muito luxuoso”, desabafou o designer sobre as telas desligadas após o uso", disse o profissional sobre o recurso.

Para solucionar o problema, o profissional tem estudado maneiras de desenvolver algo que seja tão tecnológico quando a central multimídia, mas que visualmente não atrapalhe na concepção visual do carro.

Telas multimídias e jogos são o futuro dos carros?

Outras empresas descordam. A central de multimídia tem sido jogos por modelos do mercado de luxo, como nos veículos da Tesla, onde é possível jogar alguns games através do recursos.

Já outras montadoras estão investindo em "gráficos de videogame” para o interior dos automóveis, como na parceria entre Volvo e Epic Games.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos