Mercado abrirá em 12 mins
  • BOVESPA

    119.564,44
    +1.852,44 (+1,57%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.399,80
    +71,60 (+0,15%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,16
    -0,47 (-0,72%)
     
  • OURO

    1.794,10
    +9,80 (+0,55%)
     
  • BTC-USD

    57.745,05
    +2.330,10 (+4,20%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.483,75
    +78,44 (+5,58%)
     
  • S&P500

    4.167,59
    +2,93 (+0,07%)
     
  • DOW JONES

    34.230,34
    +97,34 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.046,77
    +7,47 (+0,11%)
     
  • HANG SENG

    28.637,46
    +219,46 (+0,77%)
     
  • NIKKEI

    29.331,37
    +518,77 (+1,80%)
     
  • NASDAQ

    13.480,50
    -10,50 (-0,08%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4535
    +0,0266 (+0,41%)
     

Montadora chinesa lança primeiro carro produzido em massa com sensores LiDAR

Felipe Ribeiro
·2 minuto de leitura

O CEO da Tesla, Elon Musk, sempre buscou deixar seus carros o mais autônomos possível, porém relutando em utilizar os sensores LiDAR, sabidamente um dos mais avançados do mercado. Mas uma movimentação na China pode mudar a visão do executivo: a rival Xpeng Motors acaba de anunciar o primeiro carro produzido em massa com essa tecnologia, o sedã elétrico P5.

O P5, que tem porte médio, será equipado com 32 sensores, sendo duas unidades LiDAR, 12 sensores ultrassônicos, radares de ondas de 5 milímetros e 13 câmeras de alta resolução, que são capazes de detectar pedestres, ciclistas, objetos estáticos, obras nas vias e, claro, automóveis, motos e caminhões.

O diferencial do LiDAR está em sua capacidade. Com essa tecnologia, que trabalha aliada com a plataforma de computação Snapdragon SA8155P da Qualcomm, o alcance de detecção de visão frontal do P5 é de 150 metros, dando ao sedã 150º de campo de visão para a ativação de recursos como reconhecimento de sinais de trânsito e semáforo, curvas, ultrapassagens de outros veículos e eventuais obstáculos.

Imagem: Xpeng Motors
Imagem: Xpeng Motors

De acordo com a Xpeng, esses sensores foram testados durante um bom tempo, mas no sedã maior, o P7, que vai receber essa atualização em breve. Com isso, foi possível lançar o P5 antes e com essas tecnologias. A montadora afirma que nas avaliações o carro foi capaz de percorrer 3.675 quilômetros, uma viagem de Guangzhou à Pequim, apenas no modo autônomo.

Imagem: Xpeng Motors
Imagem: Xpeng Motors

Vale lembrar que o P5 é um carro elétrico e ainda terá suas especificações técnicas reveladas. Mas a notícia de que ele será produzido em massa já com os sensores LiDAR pode soar como um enorme desafio a Elon Musk, que considera a tecnologia muito cara para ser colocada em todos os Tesla.

A Xpeng deve anunciar os preços, especificações e informações de desempenho do P5 no Auto Shanghai 2021, que acontece na próxima semana.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: