Mercado fechará em 1 h 25 min
  • BOVESPA

    111.226,00
    -847,55 (-0,76%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.421,62
    -597,29 (-1,09%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,57
    +0,16 (+0,21%)
     
  • OURO

    1.931,80
    -11,00 (-0,57%)
     
  • BTC-USD

    23.845,28
    +820,81 (+3,56%)
     
  • CMC Crypto 200

    544,78
    -0,53 (-0,10%)
     
  • S&P500

    4.180,62
    +61,41 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    33.957,79
    -135,17 (-0,40%)
     
  • FTSE

    7.820,16
    +59,05 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    21.958,36
    -113,82 (-0,52%)
     
  • NIKKEI

    27.402,05
    +55,17 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    12.809,75
    +395,50 (+3,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4664
    -0,0880 (-1,58%)
     

Moedas emergentes não param de subir, lideradas por peso chileno

(Bloomberg) -- As moedas de mercados emergentes caminham para a mais longa sequência de ganhos em 25 anos, com apostas na reabertura da China e aumentos mais lentos de juros nos EUA.

O MSCI EM Currency Index, que acompanha o desempenho de 25 taxas de câmbio em relação ao dólar, fechou todos os dias desde 26 de dezembro em alta e já acumula ganho de 2% desde então.

Nesta quarta-feira, o índice subia um pouco mais, a caminho do 13º dia de avanço. O ganho é liderada pelo peso chileno — com valorização de 6.6% no período — e moedas asiáticas como o baht tailandês, o yuan chinês e o won coreano. O real está entre os lanterninhas, com valorização de menos de 0.3%.

A velocidade do fortalecimento das moedas de emergentes levou alguns estrategistas a questionar se o rali está prestes a recuar.

Geoffrey Yu, estrategista sênior para Europa, Oriente Médio e África no Bank of New York Mellon, disse que ainda está cético sobre uma mudança de rumo do Federal Reserve.

“Muita coisa aconteceu, muito rapidamente, e os mercados talvez precisem de uma pausa”, disse Yu.

Outros analistas dizem que indicadores técnicos sinalizam que a valorização vai continuar.

Desde sua mínima em outubro, O MSCI EM Currency já recuperou 61,8% das perdas a partir de seu pico de fevereiro, o que caracteriza um padrão de Retração de Fibonacci que alguns acreditam ser um sinal de que o índice está superando os níveis de resistência.

--Com a colaboração de Srinivasan Sivabalan.

More stories like this are available on bloomberg.com

©2023 Bloomberg L.P.