Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.800,79
    -3.874,54 (-3,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.868,32
    -766,28 (-1,48%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,81
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.812,50
    -18,70 (-1,02%)
     
  • BTC-USD

    41.590,01
    -29,76 (-0,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    955,03
    +5,13 (+0,54%)
     
  • S&P500

    4.395,26
    -23,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.935,47
    -149,06 (-0,42%)
     
  • FTSE

    7.032,30
    -46,12 (-0,65%)
     
  • HANG SENG

    25.961,03
    -354,29 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.283,59
    -498,83 (-1,80%)
     
  • NASDAQ

    14.966,50
    -71,25 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1880
    +0,1475 (+2,44%)
     

Moedas digitais de bancos centrais recebem apoio total do BIS

·1 minuto de leitura
Torre do edifício sede do Banco de Compensações Internacionais (BIS) na Basileia, Suíça

Por Marc Jones

LONDRES (Reuters) - O Banco de Compensações Internacionais (BIS, na sigla em inglês) anunciou seu total apoio ao desenvolvimento de moedas digitais de bancos centrais, dizendo que elas são necessárias para modernizar as finanças e garantir que as gigantes da tecnologia não assumam o controle do dinheiro.

Apelidado de banco central dos bancos centrais mundiais, o BIS, que está coordenando muitas das discussões sobre moedas digitais, apresentou recomendações nesta quarta-feira sobre como deve ser uma moeda digital de banco central (CBDC, na sigla em inglês).

Como parte de seu próximo relatório anual, o órgão estimou que pelo menos 56 bancos centrais e autoridades monetárias, representando cerca de um quinto da população mundial, estão considerando moedas digitais à medida que o comércio online muda.

"O trem saiu da estação", disse Benoit Coeure, do BIS, referindo-se à mudança em direção às moedas digitais de bancos centrais e seu suporte. "Não é que nos deixamos levar, estamos apenas olhando em volta."

O apoio vem num momento em que o uso de dinheiro físico cai globalmente e as autoridades procuram se defender da ameaça aos seus poderes de impressão de dinheiro, representada pelo bitcoin e pelas criptomoedas apoiadas por gigantes da tecnologia, como o diem, antiga Libra, do Facebook.

Sem CBDCs, o dinheiro digital se tornará cada vez mais dominado por grandes empresas de tecnologia, advertiu Coeure, pois elas alavancariam enormes bases de usuários de mídia social.

"Esse é um lugar onde você não quer estar, onde os governos não querem estar", disse Coeure, descrevendo-o como uma perda de controle do dinheiro soberano.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos