Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.953,90
    +411,95 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.743,15
    +218,70 (+0,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    108,46
    +2,70 (+2,55%)
     
  • OURO

    1.812,90
    +5,60 (+0,31%)
     
  • BTC-USD

    19.307,36
    -97,17 (-0,50%)
     
  • CMC Crypto 200

    420,84
    +0,70 (+0,17%)
     
  • S&P500

    3.825,33
    +39,95 (+1,06%)
     
  • DOW JONES

    31.097,26
    +321,83 (+1,05%)
     
  • FTSE

    7.168,65
    -0,63 (-0,01%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.610,50
    +81,00 (+0,70%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5587
    +0,0531 (+0,96%)
     

Moeda digital da China vai permitir que responsáveis controlem gastos das crianças

A tecnologia na China permite que os responsáveis rastreiem a localização e o registro de compras das crianças
A tecnologia na China permite que os responsáveis rastreiem a localização e o registro de compras das crianças (Getty Iamge)
  • Ideia foi adotada na Hainan Luxun High School, na cidade de Sany

  • Medida possibilita o rastreamento de compras e de localização das crianças

  • O dispositivo também realiza chamadas para números selecionados pelos responsáveis

Uma iniciativa na China pode ampliar as áreas de atuação das moedas digitais. A Yuan virtual, que foi usada em transações que totalizam mais de US$ 8 bilhões no segundo semestre de 2021, chegou ao universo educacional na forma de um dispositivo que cabe na palma da mão.

O recurso permite que os responsáveis rastreiem a localização e o registro de compras das crianças. O cartão e-CNY, que funciona como um pequeno telefone celular, está sendo disponibilizado aos alunos da Hainan Luxun High School, na cidade de Sany.

O dispositivo permite que os alunos façam pagamentos em lojas parceiras e realizem chamadas com números selecionados. O rastreamento de localização é ativado por GPS, de acordo com a emissora estatal China Central Television (CCTV).

É possível colocar limites no dispositivo usando o aplicativo da moeda digital do país. Na modalidade, a pessoa responsável pela criança pode carregar as carteiras eletrônicas da estudante, além de acompanhar os gastos.

Informações do The Star dizem que essa medida pode solucionar a questão dos smartphones proibidos pelo Ministério da Educação nas escolas primárias e secundárias. O projeto possibilitaria a comunicação entre as crianças e a facilitação no gerenciamento de recursos financeiros.

Em todo o país, o e-CNY tinha 261 milhões de usuários até o final do ano passado, o dobro do que tinha em outubro . O rápido impulso da China para desenvolver uma moeda digital soberana, conhecida oficialmente como Pagamento Eletrônico em Moeda Digital (DCEP), tornou o local um líder global na área.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos