Mercado fechado

Moeda chilena tem menor cotação em 16 anos

(Arquivo) O peso chileno caiu acentuadamente e foi negociado a 800 unidades por dólar nas casas de câmbio de Santiago, atingindo um mínimo histórico, em meio a protestos sociais que completam quatro semanas

A moeda chilena fechou em baixa nesta terça-feira, com o dólar cotado a 749 pesos, uma desvalorização de 1,8% em relação ao dia anterior, atingindo seu menor valor desde 2003, em meio a temores de um menor crescimento após a crise social.

A cotação alcançada pelo peso durante esta sessão, depois de 20 dias de enormes protestos sociais, saques e incêndios, é a menor desde março de 2003.

O peso teve forte queda após o ministro da Fazenda, Ignacio Briones - que assumiu há oito dias - reduzir a previsão de crescimento do país.

Analistas avaliam que a prolongação do confronto social – o pior em pelo menos três décadas em Chile - elevaria o dólar a níveis históricos superiores aos 750 pesos.