Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.035,17
    -2.220,83 (-1,98%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.592,91
    +282,61 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,66
    -1,87 (-2,94%)
     
  • OURO

    1.733,00
    -42,40 (-2,39%)
     
  • BTC-USD

    43.823,83
    -3.498,24 (-7,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    912,88
    -20,25 (-2,17%)
     
  • S&P500

    3.811,15
    -18,19 (-0,48%)
     
  • DOW JONES

    30.932,37
    -469,63 (-1,50%)
     
  • FTSE

    6.483,43
    -168,53 (-2,53%)
     
  • HANG SENG

    28.980,21
    -1.093,99 (-3,64%)
     
  • NIKKEI

    28.966,01
    -1.202,29 (-3,99%)
     
  • NASDAQ

    12.905,75
    +74,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7636
    +0,0247 (+0,37%)
     

Mods de Cyberpunk 2077 podem ser usados em ataques contra jogadores

Felipe Demartini
·2 minuto de leitura

Depois dos bugs e dos problemas de performance, chegou a vez dos malwares. Em um alerta feito por meio das redes sociais, a desenvolvedora de Cyberpunk 2077, a CD Projekt Red, pediu que os jogadores tenham cautela no download de mods e jogos salvos com modificações para a versão PC do título, já que tais arquivos podem levar a brechas na segurança dos usuários por meio da execução remota de códigos.

Os detalhes sobre a falha não foram revelados, de forma a evitar maiores explorações, mas a vulnerabilidade estaria na forma como o título utiliza os arquivos DLL. Caso tais dados estejam manipulados de forma maliciosa, seria possível para um atacante executar comandos remotamente na máquina da vítima, a partir dos dados do game, levando a possíveis downloads indevidos, instalações de malware e roubo de dados, entre outras atividades criminosas.

A recomendação da produtora polonesa é para que os jogadores evitem o download de modificações a partir de fontes desconhecidas até que o problema seja solucionado. Como não existem mods oficiais de Cyberpunk 2077, o pedido, efetivamente, serve como indicação para que o uso desse tipo de solução seja interrompido completamente, a não ser que o usuário tenha plena confiança no desenvolvedor de uma alteração e, também, no site usado para fazer o download dela.

Além disso, a promessa é de que uma atualização para o problema deve ser liberada em breve, “o mais rápido possível”, de acordo com a desenvolvedora, mas não existe data prevista para isso. É mais um problema para a lista quase infindável de falhas de um título que chegou ao mercado em um estado bem aquém do esperado, principalmente nas versões base do Xbox One e PlayStation 4.

No campo dos mods, especificamente, a CD Projekt Red também já se viu envolvida em questões negativas, banindo, por exemplo, alterações que permitiam aos usuários fazerem sexo com Johnny Silverhands, interpretado por Keanu Reeves. O pedido, feito pela empresa, envolve a ideia de que a situação pode ter consequências negativas à imagem do ator, que emprestou sua aparência e voz para o personagem.

Da mesma forma que não comentou diretamente sobre a falha, a CD Projekt Red não falou no tipo de exploração que vem sendo realizada a partir de códigos executados por meio de DLLs maliciosas em Cyberpunk 2077. Não dá para saber ao certo quantas pessoas foram vítimas da vulnerabilidade, se alguma.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: