Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -635,14 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,13 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    +0,49 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -16,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    36.136,29
    +485,63 (+1,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,36 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,25 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,83 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    +33,00 (+0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

MMA abre edital para concessão da Floresta Nacional de Canela, no RS

·1 minuto de leitura

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, lançou hoje (6), o edital para concessão da Floresta Nacional de Canela (Flona de Canela), localizada no Rio Grande do Sul. O objetivo é fomentar o ecoturismo nessa unidade, a exemplo de outras frentes similares que estão sendo desenvolvidas em outros parques nacionais e unidades de conservação federais.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

De acordo com o MMA, o edital, lançado em evento no município gaúcho de Canela, “estabelece obrigações para os investidores, como a manutenção da brigada de incêndio da unidade e o monitoramento e manejo de espécies”, conforme informa o ministério.

A expectativa é de que a concessionária vencedora realize também serviços como a manutenção, limpeza e infraestrutura, de forma a tornar a experiência de ecoturismo mais atrativa e segura.

“Conforme modelagem desenvolvida em conjunto com o Programa de Parcerias de Investimento do Governo Federal (PPI), a previsão de investimentos totaliza mais de R$ 9 milhões em infraestrutura e supera R$ 84 milhões em despesas operacionais, priorizando a geração de emprego e renda”, informou a pasta.

O processo de concessão prevê o desenvolvimento de estudos de viabilidade, no qual serão apresentadas as regras para participação dos interessados na concessão.

A Flona de Canela tem uma área de aproximadamente 557 hectares, com altitudes que variam de 740 a 840 metros. A unidade apresenta áreas de Mata Atlântica, e se destaca entre as turísticas com maior potencial na principal rota turística do Sul do Brasil, a Serra Gaúcha.