Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.732,52
    -637,28 (-1,09%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Mixme: conheça o guia para saber em qual streaming está um filme ou série

Wagner Wakka
·1 minuto de leitura

O ano passado configurou um momento de entrada de grandes plataformas para o mercado de streaming. Tem Amazon Prime Video, Netflix, Disney+, Globoplay e tantas outras que é até difícil saber qual conteúdo está em que lugar.

A ideia do Mixme é ser este guia que ajuda a encontrar um filme ou série sem que você precise buscar pelos catálogos de cada serviço. A empresa conta com uma biblioteca com acesso gratuito a informações para 600 mil títulos. Há trailers, sinopse, elenco e outros dados sobre as séries e longas listados.

"A Mixme é um hub de plataformas que funciona como um controle remoto que permite a busca de um conteúdo de forma fácil e ágil. Trabalhamos com uma base ligada a uma tecnologia de ponta e atualizada diariamente. São mais de 30 pessoas envolvidas no projeto, entre desenvolvedores, designs e especialistas em cinema", conta Nelson Assis, CEO da Mixme.

<em>Plataforma mostra várias informações como sinopse, elenco e notas (Foto: Captura/Mixme)</em>
Plataforma mostra várias informações como sinopse, elenco e notas (Foto: Captura/Mixme)

A empresa quer buscar levantar dinheiro com a ideia ao apresentar anunciantes na plataforma, já que pode dar destaque para uma produção mediante pagamento de publicidade. Por outro lado, vai buscar também parcerias com as plataformas para levar assinantes para os serviços.

Por fim, ao assistir à alguma publicidade, o usuário também pode receber por isso, quando assim escolher. "O usuário assiste aos anúncios quando quiser e ainda recebe por isso. Onde tem cifrão, tem monetização. Isso é 'audience choice', ou seja, escolher assistir publicidade em troca de recompensas, que podem ser pontos ou dinheiro", completou Assis.

A plataforma é gratuita e permite buscas pelo nome do conteúdo, além de gênero, elenco e serviço de streaming.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: