Mercado abrirá em 2 h 17 min
  • BOVESPA

    122.937,87
    +1.057,05 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.371,98
    +152,72 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,74
    +0,47 (+0,71%)
     
  • OURO

    1.868,80
    +1,20 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    45.432,61
    +324,41 (+0,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.263,61
    +65,69 (+5,48%)
     
  • S&P500

    4.163,29
    -10,56 (-0,25%)
     
  • DOW JONES

    34.327,79
    -54,34 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.060,42
    +27,57 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.593,81
    +399,72 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    28.406,84
    +582,01 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    13.399,00
    +95,50 (+0,72%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4434
    +0,0335 (+0,52%)
     

MIUI 12.5 chega oficialmente para 7 celulares Xiaomi; veja quais são

Igor Almenara
·3 minuto de leitura

A atualização dos celulares da Xiaomi para a MIUI 12.5 começou a ser distribuída para os aparelhos da marca. O pacote de meio ciclo do Android 11 modificado pela Xiaomi será encaminhado para aparelhos compatíveis via OTA, ou seja, "pelo ar", então é só aguardar até que ela pinte em seu dispositivo..

Neste mês, alguns aparelhos já podem ter recebido a compilação ao longo de abril, como o Xiaomi Mi 11 — topo de linha atual da fabricante. Seus irmãos mais antigos seguiam o mesmo ciclo na fase experimental da MIUI 12.5, mas permaneceram com o cronograma normal e seriam atualizados somente a partir do dia 30 deste mês.

Felizmente, a Xiaomi adiantou o passo na distribuição e a antecipou em quase uma semana. Logo, vários celulares da marca poderão pegar o pacote mais recente. A lista de aparelhos que receberão a MIUI 12.5 neste momento é a seguinte:

A publicação original da Xiaomi foi feita no Weibo e não menciona nenhum outro aparelho, mas não exclui a possibilidade de a atualização chegar em breve para modelos das suas subsidiárias — como a linha Redmi Note 10 ou Redmi Note 9, ambas também com a MIUI 12.

Felizmente, a lista não para por aí. A fase de testes da MIUI 12.5 incluiu 28 aparelhos, portanto aparelhos tão antigos quanto o Redmi Note 7 (lançado em 2019) podem esperar pela atualização para algum momento deste ano.

(Imagem: Reprodução/XDA Developers)
(Imagem: Reprodução/XDA Developers)

No post, a Xiaomi não entrou em detalhes sobre a distribuição da atualização nas regiões em que a fabricante atua. Ainda assim, é provável que os aparelhos no mercado chinês recebam a novidade primeiro, logo seguidos pelos modelos globais.

O que há de novo na MIUI 12.5

No Xiaomi Mi 11, o pacote ocupa menos de 500 MB no momento do download (valor pode variar entre aparelhos). Além das várias correções e melhorias em estabilidade, o update também introduz mudanças visuais e novos recursos.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Entre elas estão novos sons inspirados na natureza para notificações e ligações; novidades para o app de notas — agora que pode abrigar listas em “mapas mentais”, organizadas de forma mais visual, e desenhos —, e novos Super Wallpapers, telas de fundo animadas que interagem com movimentos.

Há, também, melhorias interessantes para segurança, como o controle mais afinado sobre o acesso à área de transferência por aplicativos do celular e as restrições sobre a posição exata.

Como atualizar para a MIUI 12.5

Se o seu celular foi listado para esta primeira fase de distribuição, é válido ficar atento às atualizações. Para verificar se há algum download disponível, basta ir para Configurações e logo entrar em Meu Aparelho. Se a novidade ainda não tiver chegado, não se preocupe: não deve demorar muito para que ela alcance o seu aparelho.

Os donos de celulares Xiaomi incluídos na fase beta devem esperar pelo anúncio do próximo lote. Não há previsão para o lançamento, portanto a sugestão é que continue ligado no Canaltech para saber assim que chegar.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: