Mercado abrirá em 21 mins

Mitsubishi Pajero Sport muda apenas um ano após o lançamento; veja preços

br.info@motor1.com (Nicolas Tavares)
Mitsubishi Pajero Sport 2020

SUV passa por reestilização relâmpago para diminuir críticas relacionadas ao desenho da traseira

Não se passou nem um ano desde que voltou a ser vendido no Brasil e o Mitsubishi Pajero Sport já mudou. O SUV passa por uma reestilização, adotando o visual que foi apresentado em julho do ano passado no exterior. Trata-se da identidade visual que a marca japonesa está adotando em todos os seus modelos, começando pelo Eclipse Cross e que, em breve, veremos também na picape L200 Triton – que inclusive já flagramos em testes por aqui.

Obviamente, o Mitsubishi Pajero Sport 2021 acabou ficando mais caro do que o modelo pré-facelift, pois ele vem da Tailândia e foi afetado pela disparada do dólar. Além disso, recebeu mais equipamentos, o que já justificaria um reajuste nos valores. Será vendido em duas versões, por R$ 291.990 (HPE) e R$ 318.990 (HPE-S), o que significa R$ 18 mil mais do que os R$ 273.990 que eram cobrados até então na única versão que era oferecida anteriormente. Ainda há um pacote opcional, que custa R$ 8 mil, com teto solar elétrico e controle de cruzeiro adaptativo, oferecido apenas na versão HPE.

A frente do Pajero Sport adota o que a Mitsubishi chama de “Dynamic Shield”, um estilo que virou a identidade visual da empresa. Passa a usar um esquema de faróis duplos. Na parte superior está a iluminação normal, em LED, enquanto logo abaixo ficam as luzes de neblina e as setas. Segue com um contorno cromado em forma de “C” nas laterais da grade, mas a parte com o logo da fabricante agora usa três barras cromadas. Por fim, o para-choque também foi redesenhado.

Leia também

Na traseira, o SUV mudou bem mais por causa das novas lanternas. Ponto de crítica pelo visual, as lanternas mantêm o visual polêmico, mas foram encurtadas e não descem mais até o para-choque, acompanhando o vinco que passa pela tampa do porta-malas. A diferença é causada por uma mudança no para-choque, que antes tinha os refletores na vertical fazendo uma continuação das lanternas. A nova peça posiciona os refletores na horizontal e bem mais abaixo.

Mitsubishi Pajero Sport 2020

Por dentro está praticamente igual, com as alterações focadas nos novos equipamentos. Conta com quadro de instrumentos digital de 8”, uma nova central multimídia de 8” e os comandos do ar-condicionado foram redesenhados. O cluster digital está reservado para a versão HPE-S, assim como a tampa do porta-malas com abertura elétrica, e o sistema Remote Control, que permite controlar alguns sistemas do carro por um aplicativo de celular.

Só que não mudou nada na parte mecânica, mantendo o conhecido motor 2.4 turbodiesel de quatro cilindros, o mesmo que equipa a L200 Triton produzida no Brasil. Entrega 190 cv a 3.500 rpm e 43,9 kgfm de torque a 2.000 rpm, combinado ao câmbio automático de 8 marchas. Conta com tração 4x4, com reduzia e bloqueio de diferencial traseiro.

Fotos: divulgação