Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.286,06
    +54,89 (+0,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Missão Crew-4 decola com quatro astronautas rumo à ISS

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Após vários adiamentos, a missão Crew-4 foi lançada na madrugada desta quarta-feira (27), levando mais quatro astronautas para uma estadia de seis meses a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS). Um foguete Falcon 9 carregando a cápsula Crew Dragon "Freedom" decolou às 04h52 (horário de Brasília) do Centro Espacial Kennedy da NASA, na Flórida.

Nove minutos após o lançamento, o primeiro estágio do Falcon 9 pousou na balsa autônoma A Shortfall Of Gravitas (ASOG) da SpaceX, posicionado na costa da Flórida. Este foi o quarto voo do primeiro estágio, chamado B1067, que também lançou as missões Crew-3 e a CRS-22. A chegada da Freedom à ISS deve acontecer por volta das 21h15 desta quarta.

Este também foi o segundo lançamento tripulado da SpaceX em menos de duas semanas. No dia 8 de abril a empresa de Elon Musk lançou a primeira missão totalmente privada à ISS, a Ax-1, que retornou à Terra nesta segunda. As duas missões foram lançadas a partir da mesma plataforma de lançamento.

O lançamento da Crew-4 deveria ter acontecido há uma semana, mas foi adiado devido aos atrasos no retorno da Ax-1. Além do fato de que as naves usadas em ambas missões ocupam a mesma porta de atracação da ISS, a NASA e a SpaceX queriam ao menos dois dias de intervalo entre as operações.

A Crew-3, lançada em novembro do ano passado, ainda está a bordo da ISS. A data de retorno dessa missão deve ser anunciada tão logo a Crew-4 chegar à estação. A cápsula Freedom recebe este nome em homenagem à cápsula Freedom 7 que, em 1961 lançou o primeiro norte-americano ao espaço, Allan Shepard.

A astronauta da NASA, Jessica Watkins, será a primeira mulher negra a completar uma missão de seis meses a bordo da ISS (Imagem: Reprodução/NASA/Bill Ingalls)
A astronauta da NASA, Jessica Watkins, será a primeira mulher negra a completar uma missão de seis meses a bordo da ISS (Imagem: Reprodução/NASA/Bill Ingalls)

Nos próximos seis meses, a Crew-4 estará envolvida com mais de 200 experimentos científicos, e seus tripulantes e realizarão pelo menos duas caminhadas espaciais. Além disso, ela irá entrar para a história: a astronauta Jessica Watkins se tornará a primeira mulher negra a completar uma missão de longa estadia a bordo da ISS.

O lançamento da próxima missão tripulada da SpaceX, a Crew-5, deve acontecer em setembro deste ano, momento em que a Crew-4 retornará à Terra.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos