Miriam diz que alta de 6% na indústria surpreendeu

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou nesta sexta-feira, após almoço com empresários e executivos espanhóis em São Paulo, que causou surpresa positiva ao governo o crescimento anualizado de 6% da indústria no terceiro trimestre de 2012. Para ela, o ponto negativo do resultado do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado nesta sexta pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foi o setor de serviços.

"Acredito que as medidas tomadas no ano estão dando resultado", disse a ministra. Miriam disse ainda que o governo continua trabalhando com um PIB para 2013 entre 4% e 4,5%, mesmo após o banco Goldman Sachs rebaixar a previsão para 3,5% de alta e o presidente da Fiesp, Paulo Skaf, estimar o crescimento em 3% no próximo ano.

Indagada sobre o fraco desempenho da Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF), que caiu 2,0% no terceiro trimestre ante o segundo e recuou 5,6% ante o terceiro trimestre de 2011, Miriam afirmou que o governo continua tomando medidas e colocando o "pé no acelerador" para ganhar velocidade no investimento. Ela citou o pacote de concessões de portos, a ser anunciado nos próximos dias pela presidente Dilma Rousseff, e o edital de concessão do Trem de Alta Velocidade (TAV), previsto para dezembro. Ainda sobre o desempenho negativo da FBCF, a ministra afirmou que o próprio crescimento anualizado da indústria mostra que o setor irá se recuperar.

Já sobre a declaração do ministro da Fazenda, Guido Mantega, em meados deste ano, de que o PIB de 1,5% para 2012 seria uma "piada", e diante da dificuldade do País de atingir este porcentual neste ano, a ministra foi categórica: "Você pergunta para ele, porque foi ele que fez o comentário".

Miriam lembrou que o governo reservou R$ 15 bilhões do Orçamento de 2012 para desonerações e que o governo ainda tem uma reserva para permitir novos incentivos. A ministra não citou valores. Por fim, admitiu que esperava que o cenário internacional melhorasse, o que não ocorreu. Segundo ela, por isso o governo seguirá tomando mais medidas para incentivar o crescimento. "Do jeito que estamos, os dados de crescimento de agora dão a alavancagem necessária (para tomarmos estas medidas)", completou.

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,1100+0,0488+1,59%
    USDBRL=X
    3,2821+0,0442+1,37%
    EURBRL=X
    0,9472+0,0023+0,24%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    31,51-0,14-0,44%
    VALE5.SA
    15,18-0,38-2,44%
    PETR4.SA
    4,93-0,10-1,99%
    USIM5.SA
    5,86+0,15+2,63%
    GOAU4.SA
    16,40-0,52-3,07%
    LAME4.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    10,89+1,29+13,44%
    TEKA4.SA
    4,18+0,45+12,06%
    BEES4.SA
    4,24+0,43+11,29%
    LFFE3.SA
    7,41+0,71+10,60%
    CRPG5.SA
    28,00+2,60+10,24%
    BRSR3.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    16,01-3,99-19,95%
    ITEC3.SA
    1,14-0,25-17,99%
    IGBR3.SA
    0,69-0,11-13,75%
    BBTG12.SA
    29,00-4,00-12,12%
    CEED3.SA
    3,33-0,45-11,90%
    CEDO4.SA