Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.487,88
    +1.482,66 (+1,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.518,30
    +228,39 (+0,45%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,35
    +0,46 (+0,42%)
     
  • OURO

    1.845,10
    +3,90 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    29.870,01
    +368,09 (+1,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    650,34
    -23,03 (-3,42%)
     
  • S&P500

    3.901,36
    +0,57 (+0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.261,90
    +8,77 (+0,03%)
     
  • FTSE

    7.389,98
    +87,24 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    20.717,24
    +596,56 (+2,96%)
     
  • NIKKEI

    26.739,03
    +336,19 (+1,27%)
     
  • NASDAQ

    11.838,00
    -40,25 (-0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1528
    -0,0660 (-1,26%)
     

Miojo doce: marca lança macarrão nos sabores beijinho e chocolate

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Lançamento de Miojo gerou controvérsia nas redes sociais
Lançamento de Miojo gerou controvérsia nas redes sociais (reprodução)
  • Nissin lançou uma linha de Miojo nos sabores chocolate e beijinho

  • O produto deve ser preparado com leite e demora apenas 4 minutos para ficar pronto

  • Novidade gerou reações adversas entre os consumidores nas redes sociais

Carne, galinha, legumes e tomate são sabores tradicionais de macarrão instantâneo que fazem sucesso no Brasil. Para fugir da mesmice, a marca Nissin anunciou uma nova linha de produtos: o miojo doce.

Disponível nos sabores beijinho e chocolate, o produto promete uma sobremesa rápida e diferentona para inovar na cozinha.

O modo de preparo é semelhante às versões salgadas, com a diferença de que é recomendada a dição de leite para potencializar a cremosidade da receita. A promessa é de que o consumidor conseguirá um prato quentinho em apenas 4 minutos.

Aposta em um produto popular no país

Inspirado na culinária japonesa, o produto tem boa aderência entre os brasileiros. Barato e prático, o alimento foi amplamente consumido durante a pandemia, principalmente durante os piores momentos da recessão econômica.

Um levantamento da Associação Mundial de Macarrão Instantâneo mostra que o Brasil consumiu cerca de 2,7 bilhões de porções de miojo em 2020, uma alta de 11% em relação ao ano anterior. Esse número é acima da média global de 9,6%

Invenção culinária gerou indignação nas redes sociais

Essa é uma edição limitada que traz como slogan o bordão "miojo doce? Credo, que delícia". Na internet, o lançamento causou alvoroço entre os fãs do macarrão instantâneo.

Enquanto alguns ficaram curiosos para provar a iguaria, outros se mostraram resistentes a provar o macarrão açucarado. “Misericórdia. fim dos tempos mesmo, bem que o povo da igreja fala”, comentou um tuiteiro.

“Se isso for verídico eu não entendo como uma marca resolve investir numa coisa que provavelmente 70% da população vai acha nojento”, argumentou outra conta.

Veja algumas das postagens sobre o assunto

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos