Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,10
    +0,19 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.866,70
    -12,90 (-0,69%)
     
  • BTC-USD

    39.175,13
    +3.407,20 (+9,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    978,98
    +37,17 (+3,95%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.065,39
    +116,66 (+0,40%)
     
  • NASDAQ

    14.019,75
    +25,50 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1890
    -0,0036 (-0,06%)
     

Ministro se recusa a responder se concorda com Bolsonaro sobre uso de cloroquina e irrita comando da CPI

·1 minuto de leitura
BRASÍLIA, DF, 06.05.2021: MARCELO-QUEIROGA - O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, presta depoimento na CPI da Covid no Senado, em Brasília, nesta quinta-feira. A sessão é presidida pelo senador Omar Aziz (MDB-AM) e o relator é o senador Renan Calheiros (MDB-AL). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
BRASÍLIA, DF, 06.05.2021: MARCELO-QUEIROGA - O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, presta depoimento na CPI da Covid no Senado, em Brasília, nesta quinta-feira. A sessão é presidida pelo senador Omar Aziz (MDB-AM) e o relator é o senador Renan Calheiros (MDB-AL). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Em depoimento à CPI da Covid, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, recusou-se a responder uma pergunta sobre se compartilhava da visão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a administração de hidroxicloroquina para o tratamento da Covid-19.

"Essa é uma questão técnica que tem que ser enfrentada pela Conitec (Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS). O ministro é a última instância na Conitec, então eu vou precisar me manifestar tecnicamente"

A recusa a responder provocou reação do relator Renan Calheiros (MDB-AL) e do presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM).

"O senhor compartilha ou não da posição presidente. A resposta é sim ou não", disse Renan.

"Até minha filha de 12 anos falaria sim ou não", disse Aziz.

Mesmo assim, Queiroga evitou responder e pediu que entendessem a posição dele, como gestor sanitário.