Mercado abrirá em 42 mins
  • BOVESPA

    95.368,76
    -4.236,78 (-4,25%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    37.393,71
    -607,60 (-1,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    36,14
    -1,25 (-3,34%)
     
  • OURO

    1.878,70
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    13.124,04
    -39,35 (-0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    259,40
    -13,29 (-4,87%)
     
  • S&P500

    3.271,03
    -119,65 (-3,53%)
     
  • DOW JONES

    26.519,95
    -943,24 (-3,43%)
     
  • FTSE

    5.596,66
    +13,86 (+0,25%)
     
  • HANG SENG

    24.586,60
    -122,20 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    23.331,94
    -86,57 (-0,37%)
     
  • NASDAQ

    11.229,00
    +96,25 (+0,86%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7164
    -0,0180 (-0,27%)
     

Ministro Luiz Eduardo Ramos testa positivo para coronavírus, diz Planalto

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura

O ministro Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, testou positivo para o novo coronavírus. A informação foi divulgada neste sábado (20) pelo Palácio do Planalto.

“Informamos que o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Luiz Eduardo Ramos, testou positivo para Covid-19 hoje”, disse o governo, em nota.

Leia também

Segundo o Planalto, Ramos tem apenas sintomas leves de gripe e ficará em isolamento social.

“O ministro está apenas com sintomas gripais leves. Ramos ficará em isolamento, trabalhando de forma remota”, prossegue o comunicado.

Luiz Eduardo Ramos é o décimo ministro do governo Bolsonaro a contrair a Covid-19. O presidente e a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, também comunicaram o diagnóstico da doença.

Os outros nove ministros que testaram positivo para a Covid-19 e já se recuperaram são: Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Bento Albuquerque (Minas e Energia), Milton Ribeiro (Educação), Onyx Lorenzoni (Cidadania), Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações), Wagner Rosário (Controladoria-Geral da União), Braga Netto (Casa Civil), Jorge Oliveira (Secretaria-Geral) e Marcelo Álvaro Antônio (Turismo).