Ministra diz que reforma de aeroportos é um desafio para antes da Copa

Brasília, 12 dez (EFE).- A reforma dos aeroportos brasileiros é um "desafio" que não pode esperar a Copa do Mundo 2014, disse nesta quarta-feira a ministra de Planejamento, Miriam Belchior.

"Nosso desafio não é a Copa, é hoje, é atender nossa demanda atual", disse a ministra em entrevista coletiva com jornalistas estrangeiros.

A ministra explicou que o número de passageiros em voos internos cresce a um ritmo de 12 % ao ano, o que obriga o governo a "resolver o problema agora".

"Neste processo de redução de desigualdades, a população pobre está começando a mudar do ônibus para o avião", disse a ministra, que garantiu que já estão sendo tomadas "grandes medidas" para otimizar as infraestruturas atuais.

O governo está investindo na "profissionalização" da mão-de-obra da Infraero, a empresa operadora aeroportuária, e além disso, está tomando medidas para melhorar os processos de embarque, desembarque e check in, segundo a ministra.

"Temos gordura para queimar com a atual estrutura, que pode ser potencilizada para seu uso imediato", afirmou Belchior.

Na mesma entrevista coletiva, o vice-ministro de Esportes, Luis Fernandes, disse que durante a Copa serão realizadas operações especiais e além disso, os dias em que o Brasil entrar em campo serão decretados feriados para contribuir na melhoria do transporte de passageiros. EFE

Carregando...