Mercado fechado
  • BOVESPA

    116.230,12
    +95,66 (+0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.046,58
    +616,83 (+1,36%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,21
    -0,31 (-0,36%)
     
  • OURO

    1.734,00
    +3,50 (+0,20%)
     
  • BTC-USD

    20.280,30
    +744,59 (+3,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    460,91
    +15,47 (+3,47%)
     
  • S&P500

    3.790,93
    +112,50 (+3,06%)
     
  • DOW JONES

    30.316,32
    +825,43 (+2,80%)
     
  • FTSE

    7.086,46
    +177,70 (+2,57%)
     
  • HANG SENG

    17.079,51
    -143,32 (-0,83%)
     
  • NIKKEI

    26.992,21
    +776,42 (+2,96%)
     
  • NASDAQ

    11.618,50
    -22,25 (-0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1567
    +0,0828 (+1,63%)
     

Ministério da Justiça notifica McDonald’s por McPicanha sem picanha

McPicanha
Solicitação foi feita por meio da Senacon

(Reprodução)

  • Ministério da Justiça notifica McDonald's;

  • Empresa tem dez dias para prestar esclarecimentos sobre a linha McPicanha;

  • Campanhas apontam que lanches são produzidos com corte de picanha, o que não é verdade.

O Ministério da Justiça notificou o McDonald’s, nesta quinta-feira (28), devido à falta de picanha nos lanches McPicanha. A empresa tem dez dias para esclarecer como os sanduiches são produzidos e se isto ocorre conforme veiculado nas campanhas publicitárias.

A solicitação foi feita por meio da Senacon (Secretaria Nacional do Consumidor). "A forma de divulgação é o principal ponto levantado pela Senacon, que analisa se o caso pode induzir os consumidores ao erro, pelo fato da empresa não ter sido transparente", disse, em nota.

O caso chamou a atenção da pasta depois de uma série de denúncias nas redes sociais e divulgações na imprensa. “Consumidores reclamaram que o produto não tem o sabor conforme anunciado em comerciais da rede de fast food. A empresa agora tem o prazo de 10 dias para enviar esclarecimentos ao Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) sobre possível prática de propaganda enganosa", acrescenta.

Entenda o que aconteceu

O responsável por descobrir que os lanches não incluem carne de picanha foi o blog Coma Com os Olhos. Para a fabricação do hambúrguer, é usado apenas um aroma que simula o sabor do corte nobre, sem a utilização da carne em si.

Depois que o McDonald’s disse lamentar “que a comunicação criada sobre os novos produtos possa ter gerado dúvidas e informa que novas peças, destacando a composição dos sanduíches de maneira mais clara, já estão sendo produzidas”, o assunto repercutiu nas redes sociais.

Em 2019, quando a companhia lançou o McPicanha, destacava a frase "Feito com Picanha" nos banners e vídeos de divulgação online. Mas, quando o sanduíche foi relançado neste ano, o selo não aparecia nas propagandas. Mesmo assim, além do nome da linha, a menção ao corte de carne aparece em outros momentos das peças publicitárias.

Nesta sexta-feira, o McDonald’s se decidiu retirar os lanches da linha de todos os seus restaurantes do Brasil. A venda já havia sido suspensas pelo Procon-DF e, a empresa, notificada a dar respostas sobre a publicidade e composição dos sanduíches até o dia 2 de maio pelo Procon-SP.