Mercado abrirá em 33 mins
  • BOVESPA

    106.363,10
    -56,43 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.714,60
    -491,99 (-0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,41
    -1,25 (-1,51%)
     
  • OURO

    1.800,70
    +1,90 (+0,11%)
     
  • BTC-USD

    60.905,41
    +1.936,75 (+3,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.465,10
    -9,23 (-0,63%)
     
  • S&P500

    4.551,68
    -23,11 (-0,51%)
     
  • DOW JONES

    35.490,69
    -266,19 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.235,00
    -18,27 (-0,25%)
     
  • HANG SENG

    25.555,73
    -73,01 (-0,28%)
     
  • NIKKEI

    28.820,09
    -278,15 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    15.677,25
    +90,00 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4215
    -0,0032 (-0,05%)
     

Ministério alerta aposentados e pensionistas para golpe

·1 minuto de leitura
Brazilian document work and social security (Carteira de Trabalho e Previdencia Social)
Todos os serviços da Previdência são gratuitos
  • Ministério alerta para aumento de golpe nos últimos anos

  • Todos os serviços da Previdência são gratuitos.

  • Vítimas devem emitir boletim de ocorrência e fazer o registro junto a Ouvidoria

O Ministério do Trabalho e Previdência alertou esta semana contra golpes e fraudes que vêm se tornando recorrentes nos últimos anos. Estelionatários se passam por integrantes do Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS) e ligam para a vítima com o intuito de roubar informações e extorquir dinheiro.

Leia também:

O Ministério reforça que "que não solicita dados pessoais dos seus segurados por e-mail ou telefone e também não realiza nenhuma forma de cobrança para prestar o atendimento nem realizar seus serviços." A principal orientação da instituição é que entrem em contato com a Previdência sem intermediários e jamais depositem qualquer quantia para obter benefícios previdenciários.

De acordo com o informe, há dois modos de golpe mais comuns. No primeiro os criminosos ligam para a vítima e, sob a falsa alegação de que o cidadão teria direito a receber benefícios atrasados da Previdência Social, pedem à pessoa que deposite uma quantia em uma conta bancária para realizar a liberação do pagamento que não existe.

No segundo, os criminosos ligam, enviam links ou documentos para segurados do INSS pedindo dados para realizar a prova de vida. Após fornecer dados pessoais para os bandidos, a vítima pode chegar a ter seus cartões clonados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos