Mercado abrirá em 9 h 49 min
  • BOVESPA

    106.363,10
    -56,43 (-0,05%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.714,60
    -491,99 (-0,94%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,00
    -1,66 (-2,01%)
     
  • OURO

    1.798,80
    0,00 (0,00%)
     
  • BTC-USD

    58.910,11
    -1.664,90 (-2,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.410,58
    -63,75 (-4,32%)
     
  • S&P500

    4.551,68
    -23,11 (-0,51%)
     
  • DOW JONES

    35.490,69
    -266,19 (-0,74%)
     
  • FTSE

    7.253,27
    -24,35 (-0,33%)
     
  • HANG SENG

    25.658,95
    +30,21 (+0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.834,98
    -263,26 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    15.616,25
    +29,00 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4203
    -0,0044 (-0,07%)
     

Ministério do Turismo anuncia volta dos cruzeiros marítimos ao Brasil

·1 minuto de leitura

SALVADOR , BA (FOLHAPRESS) - O Ministério do Turismo anunciou neste sábado (2) a autorização da retomada de cruzeiros no Brasil. De acordo com a pasta, uma portaria com a liberação deve ser publicada nos próximos dias permitindo que os navios voltem a navegar no país entre novembro deste ano e abril de 2022.

Em seu perfil no Twitter, o ministro do Turismo, Gilson Machado, postou um vídeo para anunciar a volta dos navios às rotas brasileiras.

"Teremos cruzeiros marítimos no Brasil este ano. A temporada está autorizada pelo governo, o presidente Bolsonaro determinou empenho total para que nós conseguíssemos liberar, porque os navios geram em torno de 42 mil empregos no Brasil, entre diretos e indiretos", disse o ministro no vídeo gravado em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, onde cumpre agenda oficial participando da ExpoDubai.

Segundo o ministério, no entanto, a retomada dos cruzeiros deve gerar cerca de 35 mil empregos e injetar R$ 2,5 bilhões na economia nacional.

Para a temporada, estão previstas sete embarcações, que devem oferecer mais de 566 mil leitos.

O ministério também informou que a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) está elaborando os protocolos sanitários necessários para a retomada dessas atividades e vai anunciá-los em breve. Entre os pré-requisitos que serão exigidos, a pasta cita a testagem pré-embarque de todos os hóspedes, quarentena, uso de máscaras, distanciamento e ocupação reduzida das embarcações.

A pasta informou ainda que a autorização contou com a ajuda dos Ministérios da Saúde, da Justiça e da Infraestrutura, além da Casa Civil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos