Mercado abrirá em 1 h 13 min

Ministério Público investiga obras de estradas do governo Doria

jOANA CUNHA, FILIPE OLIVEIRA E MARIANA GRAZINI
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O MPSP (Ministério Público de São Paulo) investiga possíveis irregularidades em três contratos de obras emergenciais do DER (Departamento de Estradas e Rodagem de SP) com as empresas Ideal Terraplenagem e Almeida Sapata Engenharia. Os serviços de correção proteção de talude foram feitos em trechos da rodovia SP-055, em São Sebastião (SP) e da SP-052, em Cruzeiro (SP). Procurado pela coluna, o DER diz que está respondendo ao MPSP e que todas as questões serão esclarecidas. A Ideal afirma que as obras aconteceram após um deslizamento de terra por causa de chuvas torrenciais e que a contratação foi regular. Também diz que apresentou os documentos no inquérito. Segundo a Almeida Sapata, os serviços atenderam exigências técnicas e contratuais, mas a empresa não tem mais informações sobre o inquérito do MPSP e aguarda a conclusão do processo. O DER tem feito dezenas de contratos sem licitação nos últimos meses, conforme o Painel S.A. noticiou em setembro. O órgão disse, na época, que havia feito 40 emergenciais neste ano.