Mercado abrirá em 1 h 27 min

Ministério Público defende manutenção de datas da eleição municipal

Murillo Camarotto
·1 minuto de leitura

A manifestação do vice-procurador-geral eleitora foi encaminhada aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) O vice-procurador-geral eleitoral, Renato Brill de Góes, defendeu nesta terça-feira (9) a manutenção das datas previstas para as eleições municipais. A manifestação foi encaminhada aos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Góes defende que sejam adotados protocolos segurança associados a quedas no número de contaminados pela covid-19. Com isso, segundo ele, o pleito poderá acontecer, como previsto, nos dias 4 e 25 de outubro. No documento, o Ministério Público Eleitoral (MPE) também defende a impossibilidade de prorrogação dos mandatos em curso e afirma que, caso seja “inevitável a modificação das datas, que o adiamento não ultrapasse 30 dias. Nesse caso, a sugestão é que as votações ocorram em 25 de outubro e 15 de novembro.